Dirigente do Flamengo paga promessa, lembra “cheirinho” de Galhardo e cutuca Inter: “Achava que era campeão”

Presidente Rodolfo Landim e o diretor de futebol Bruno Spindel cumpriram promessa neste domingo

Publicidade

Em um domingo diferente do habitual, o presidente rubro-negro Rodolfo Landim e o diretor de futebol Bruno Spindel cumpriram promessa pelo título brasileiro e caminharam 45km saindo do Ninho do Urubu, localizado em Vargem Grande, Zona Oeste do Rio de Janeiro, até a igreja de São Judas Tadeu, que fica no Cosme Velho, bairro da Zona do Sul da cidade.

LEIA MAIS – Patrick troca mensagens com Bruno Henrique e flamenguistas pedem a contratação do meia colorado: “Vem pra cá”

Durante parte do trajeto, ambos conversaram com o “Paparazzo Rubro-Negro”, que registrou a conversa em suas redes sociais contendo uma provocação de Spindel a Thiago Galhardo e ao Inter, lembrando o “cheirinho” feito pelo atacante em live após a vitória colorada no último Gre-Nal.

“Tinha time que achava que era campeão. Negócio de cheirinho”, declarou Spindel – confira no vídeo:

“Nosso santo das causas impossíveis, ajuda o Flamengo. Vim fazer essa promessa após três resultados que não esperávamos. Empatamos com o Fortaleza, perdemos para o Fluminense e Ceará. Nossas chances reduziram. Fiz essa promessa, comentei com o Bruno, que disse ‘estou nessa'”, declarou Landim.

Galhardo, no entanto, afirmou mais de uma vez que a brincadeira do “cheirinho” era para o Grêmio e não para o Flamengo. Ainda assim, ele também foi ironizado por Gabigol na comemoração do bicampeonato rubro-negro.

A conquista ocorreu na noite da última quinta-feira, quando o Fla até perdeu de 2×1 para o São Paulo fora de casa, mas foi beneficiado pelo 0x0 entre Inter e Corinthians no Beira-Rio.

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas