Direção do Inter cita meta orçamentária e admite possíveis outras vendas além de Mauricio

Diretoria colorada está negociando o meia Mauricio com o Palmeiras

Horas antes da derrota de 2×1 para o Vitória fora de casa, neste domingo, pelo Brasileirão, a direção do Inter se manifestou em entrevista à Rádio Gaúcha e admitiu a possibilidade de outras vendas além de Mauricio, que, em breve, deve ser confirmado como reforço do Palmeiras. O clube gaúcho espera atingir a meta de arrecadação de R$ 135 milhões em vendas de atletas neste ano.

O presidente Alessandro Barcellos, porém, ressalta que a meta pode ser batida somente na janela do final do ano e que, além disso, o clube também está aberto a fazer reposições contratando outros jogadores no mercado:

Veja também:
1 De 6.102

“Essa é uma meta orçamentária do ano. Nós temos outra janela ainda, no fim do ano. Então, não há nada que tenha que ser feito nesta janela e não na outra. Precisamos manter esse grupo da forma que projetamos no início do ano. Um grupo competitivo, com alternativas para o treinador poder trabalhar. Esse é o objetivo. O nosso planejamento também considera possíveis saídas com possíveis entradas”, comentou o mandatário, antes de ampliar:

“O Internacional não tem nenhuma proposta oficial a não ser essa sendo discutida pelo Maurício. Nenhuma outra proposta, que fique claro isso. O que não impede que elas possam chegar e a gente possa discutir, sem problema nenhum”.

Quanto o Inter receberá por Mauricio

O Inter, que mantém 50% dos direitos de Mauricio, deverá levar 8 milhões de euros (aproximadamente R$ 45 milhões) na negociação, sendo que o Palmeiras vai pagar 10,5 milhões de euros (R$ 60 milhões) pela compra de 80% dos direitos econômicos do atleta de 22 anos.

No Beira-Rio desde 2020, quando o Inter fez uma troca com o Cruzeiro por William Pottker, o meio-campista canhoto soma 176 partidas pelo clube, com 26 gols. Ele também tem um histórico de convocações para seleções de base.

LEIA MAIS:

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas