Independente do resultado de quarta, Coudet garante titulares contra o Grêmio e na sequência do Brasileirão

Técnico preservou os principais jogadores do Inter na partida contra o Atlético-MG

Publicidade

Chegou ao fim a rotina de preservações de titulares do Inter no Brasileirão. Segundo o técnico Eduardo Coudet, a derrota de 2×0 em casa para o Atlético-MG foi a última vez que os principais atletas foram preservados e já a partir da próxima rodada, independentemente do que acontecer na Libertadores, o time terá a força máxima.

Neste final de semana, nomes importantes do time foram preservados por conta do foco na Libertadores. Na quarta-feira, precisando de uma simples vitória para ir à final, o Inter recebe o Fluminense às 21h30.

“Não é uma desculpa. Sou o responsável. Isto podia acontecer, de não ganhar hoje, por esta circunstância. O que destaco é o jeito que jogou o time. Criamos muito. Até o gol tivemos controle total. O bom é que a partir de agora acabou isso de cuidar dos jogadores, vamos ter sempre o que tivermos de melhor disponível”, declarou Coudet.

Com duas derrotas seguidas no Brasileirão, o Inter já vê a sua situação piorar na tabela neste momento. Aguardando o complemento da rodada, o colorado é o 14° com 29 pontos, com apenas três pontos a mais que o primeiro time da zona do rebaixamento – hoje, o Goiás, com 26.

Em caso de classificação à final da Libertadores, o Inter terá exatamente um mês inteiro até a decisão, no dia 4 de novembro, no Maracanã, no Rio de Janeiro. Até lá, estão previstos seis jogos do campeonato nacional.

Leia mais do Inter de coudet:

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)