O que Coudet falou sobre Renato e o Grêmio antes do Gre-Nal de sábado no Couto Pereira

Inter chega em melhor momento que o seu tradicional oponente

Foi com muito respeito que o técnico colorado Eduardo Coudet tratou do Grêmio e do oponente Renato Portaluppi antes do novo encontro. Vivendo melhor fase, o Inter “visitará” o seu tradicional rival no próximo sábado, às 17h30, no Couto Pereira, em mais uma partida válida pelo Brasileirão. Depois da vitória sobre o Corinthians, o treinador argentinou falou o seguinte sobre o duelo:

“Agora temos uma grande partida para jogar, que é o Gre-Nal. É contra um grande time com um grande treinador. Vai ser um espetáculo”, projetou Coudet, ignorando a má fase do Grêmio dentro da zona do rebaixamento com cinco derrotas seguidas no campeonato.

Veja também:
1 De 6.126

Para o Gre-Nal de sábado, Coudet ainda espera poder contar com o meia Alan Patrick, que não jogou diante do Corinthians e ainda se recupera de lesão muscular. Mauricio, Rochet, Borré e Enner Valencia seguem fora. Já o Grêmio, que já não tem Villasanti, Soteldo e Diego Costa, perdeu Pepê suspenso por expulsão na derrota para o Fortaleza.

Renato mostra tranquilidade no Grêmio

Apesar da situação da tabela indicar o contrário, Renato segue pedindo paciência e tranquilidade ao seu torcedor, garantindo que o Grêmio logo voltará ao seu lugar na tabela. Para ele, o Gre-Nal vem em uma boa hora e pode ser a chance da “retomada” na temporada.

“Nada melhor do que ter um resultado positivo no Gre-Nal para a gente retomar a arrancada. O Grêmio é questão de tempo. Isso eu posso garantir. O torcedor pode ficar tranquilo. É questão de tempo. O Grêmio “já, já” vai voltar para o lugar dele. O Gre-Nal é uma rivalidade muito grande. Eu peço é que eles (os torcedores) tenham a confiança que sempre tiveram no grupo, no nosso trabalho. O torcedor tem que ter paciência, mais do que nunca, com o grupo. O torcedor tem que entender”, opinou Renato.

LEIA MAIS:

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas