Coudet admite preocupação e pede duas contratações para a direção do Inter, diz jornalista

Técnico vem tendo muitos desfalques, especialmente no setor ofensivo

O técnico Eduardo Coudet admite a preocupação com a forte sequência de jogos do Inter e com os desfalques que segue tendo em praticamente todos os setores do time, especialmente o ataque. No momento, nomes como Rafael Borré e Enner Valencia estão em suas seleções com a Copa América, enquanto Lucas Alario ainda convive com alguns problemas físicos.

Por isso, Coudet precisou escalar o jovem Lucca Drummond como titular no recente empate diante do Criciúma, por 1×1, pelo Brasileirão, no domingo passado. Dias antes, o treinador se encontrou com o empresário André Cury na concentração e a informação, dada pelo jornalista Vagner Martins, é de que o treinador quer dois reforços.

Veja também:
1 De 6.113

Coudet gostaria de um novo meia no elenco para que possa servir de reposição a Mauricio, negociado recentemente ao Palmeiras. Além desta peça, o treinador quer ter outro centroavante no grupo justamente pelas dificuldades de sequência de Alario. A direção, porém, prioriza zagueiro e lateral-esquerdo para a próxima janela.

“É evidente que em algum momento vamos ter que eleger algo. É impossível se vermos a sequência. Acho que julho é o mês mais complicado do ano. Serão 10 jogos, pelo menos, com viagens e decisões. Mas trabalhamos para fazer da melhor maneira. Vamos competir e brigar. Estou confiante. Temos dois jogos a menos e estamos bem na tabela”, comentou Coudet, na sua última coletiva, em declaração recuperada por GZH.

Inter de Coudet renova com Vitão, mas pode receber ofertas

No começo desta semana, o Inter oficializou a renovação com o zagueiro Vitão até a temporada de 2026, mas o clube não descarta receber ofertas por ele do mercado exterior na janela de julho. Por isso, a preocupação em reforçar este específico setor, que ainda conta com Mercado, Fernando, Robert Renan e Igor Gomes.

No momento, o time colorado é apenas o 10° colocado do Brasileirão com 18 pontos, tendo ainda dois jogos atrasados para fazer por conta da enchente do mês de maio no Rio Grande do Sul. O seu próximo duelo é quinta, às 20h, contra o Fluminense, no Rio de Janeiro.

LEIA MAIS:

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas