Hugo Mallo pede liberação, volta ao seu país e não joga mais com a camisa do Inter

Lateral-direito fez, recentemente, o gol da vitória colorada sobre o Cuiabá

O técnico Eduardo Coudet abriu a sua coletiva depois de Criciúma 1×1 Inter, neste domingo, pelo Brasileirão, informando que o lateral-direito Hugo Mallo não irá continuar no clube. O jogador pediu autorização nos últimos dias para voltar ao seu país de origem, a Espanha. Ele não terá o seu contrato renovado, sendo que o vínculo acaba neste meio do ano.

Mallo, que havia jogado toda a sua carreira no Celta de Vigo, da Espanha, foi treinado por Coudet exatamente neste clube entre 2020 e 2022. Por isso, Chacho recomendou a sua contratação à direção do Inter ao voltar ao Beira-Rio no meio da temporada passada.

Veja também:
1 De 6.102

Na Espanha, Mallo também terá que se defender da acusação de assédio sexual que responde da época em que ainda atuava no Celta. O jogador, na maioria do tempo, foi reserva de Fabricio Bustos no Inter. Ele deixa o clube gaúcho com 19 jogos e 2 gols marcados.

Hugo Mallo fez gol decisivo

Em um dos jogos recentes mais importantes do Inter, Hugo Mallo marcou um gol de cabeça no empate em 2×2 com o Fluminense, fora de casa, pela ida da semifinal da Libertadores de 2023. Na volta, o Flu viraria para 2×1, garantiria vaga na final e posteriormente bateria o Boca Juniors, ficando com a taça.

O último gol de Hugo Mallo com a camisa do Inter foi no jogo contra o Cuiabá, fora de casa, ainda no começo do primeiro turno do Brasileirão, na vitória de 1×0. Já sem ele, Coudet utilizou Igor Gomes no setor no empate com o Criciúma.

LEIA MAIS:

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas