Copa do Mundo: Brasil perde Neymar e mais um titular durante toda a primeira fase por lesão

Tite passa a ter mais problemas para montar o time diante de Suíça e também Camarões

Publicidade

A importante vitória de 2×0 sobre a Sérvia, pela primeira partida da sua campanha na Copa do Mundo, também trouxe severos problemas para o Brasil do técnico Tite. Nesta sexta-feira, a CBF confirmou que o atacante Neymar e o lateral-direito Danilo – ambos considerados titulares absolutos – estão fora da continuidade da fase de grupos nos jogos contra Suíça e Camarões.

Danilo sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo, enquanto o problema de Neymar foi no tornozelo direito. Ambos realizaram exames de imagem acompanhados dos médicos da Seleção e tiveram confirmadas as lesões, que exigirão tempo de recuperação. O camisa 10 chegou a ser visto chorando no banco de reservas.

“Os jogadores Neymar e Danilo iniciaram tratamento imediatamente após o nosso jogo. Hoje pela manhã eles foram reavaliados, conforme já tínhamos adiantado na entrevista de ontem. Através da avaliação clínica de hoje achamos importante fazer exame de imagem, uma ressonância magnética para termos mais dados sobre a evolução dos dois jogadores. Os exames mostraram uma lesão ligamentar lateral no tornozelo direito do Neymar, junto com um pequeno edema ósseo. E uma lesão ligamentar medial no tornozelo esquerdo do Danilo”, afirmou o médico da Seleção Brasileira, Rodrigo Lasmar.

Na lateral-direita, as opções de Tite são Daniel Alves e o zagueiro Éder Militão, que também costuma atuar deslocado pelo lado. No meio, na vaga de Neymar, as opções são muitas e vão desde Fred, passando por Rodrygo e Martinelli até chegar em Everton Ribeiro.

Declarações de jogadores do Brasil após a estreia na Copa:

Rodrygo: “Não tem explicação. Alegria pura, é a realização de um sonho. Todo brasileiro sonha em jogar uma Copa, vestir a amarelinha. Não tem explicação. O Tite sempre fala uma frase para nós uma frase que eu gosto muito, de estar mentalmente forte. O primeiro tempo foi um pouco mais difícil, pode ser o nervosismo da estreia, mas voltamos muito melhores no segundo. Temos que usar essa frase”

Vinícius Jr: “Muito feliz com a minha estreia com vitória, foi com o pé direito. Esperei 22 anos para chegar aqui, muito sonho, muito trabalho. Fico feliz de poder ajudar a equipe. Agora são seis finais.  A gente se sente muito bem, com Casão e Paquetá ali na volância segurando tudo. Eu, Raphinha e Neymar descendo pra ajudar eles. No ataque, fazemos de tudo para criar as jogadas e sair vencedor”

Fred: “Deu certo porque no final ganhamos o jogo e isso é o que mais importa. É o Brasil vencer. Somos uma grande equipe, temos que manter os pés no chão, pois sabemos tem duas grandes equipes na nossa chave e temos que manter o foco”

Richarlison, autor dos dois gols: “É um sonho de criança realizado. Fizemos uma boa partida ao meu ver, principalmente no segundo tempo onde o rival cansou. Tiramos vantagem disso. Há quatro semanas eu estava chorando, com dúvida se viria. O dia que fiz o exame da minha lesão foi um dos mais demorados da minha vida. Fiquei deitado na maca esperando o resultado e o tempo não passava. Mas valeu todo o esforço. Eu tratava três períodos por dia. Deus viu meu esforço. Agora é continuar, já que fizemos o principal que era vencer o primeiro jogo”

As duas partidas restantes do Brasil sem Neymar na primeira fase:

  • 13h Brasil x Suíça (28/11, segunda-feira), Stadium 974 (Porto de Doha)
  • 16h Camarões x Brasil (2/12, sexta-feira), Lusail Stadium

Veja mais notícias: