Empréstimo só até junho de 2023: jornal aponta novo concorrente do Inter pelo zagueiro Vitão

Jovem zagueiro se transformou em um dos grandes nomes do elenco do Inter na temporada

Publicidade

Fruto do seu grande momento com a camisa do Inter, algo que rendeu até mesmo a presença na pré-lista da Copa do Mundo, Vitão já vê a fase ser recompensada com interesse de clubes de fora. É o que informa nesta terça-feira o jornal El Desmarque, que afirma que o Valencia-ESP, do técnico italiano Gennaro Gattuso, tem interesse na contratação do jovem zagueiro.

A situação contratual de Vitão inspira cuidados ao Inter. Pelo excelente futebol demonstrado, o clube tem interesse na sua manutenção, mas sabe que o contrato de empréstimo com o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, vai apenas até junho de 2023. Nem a direção colorada consegue dizer, neste momento, qual seria o valor pedido de compra por parte dos ucranianos.

“Não é segredo para ninguém a minha vontade de permanecer. Estou feliz. Quero seguir dando o meu máximo. Se tiver que sair, quero sair de cabeça erguida com a certeza de que dei meu máximo. Mas a minha vontade todos já sabem que é de ficar aqui”, declarou o jogador depois de São Paulo 0x1 Inter na penúltima rodada do Brasileirão.

Aos 22 anos, Vitão fez 38 jogos pelo Inter em 2022, com dois gols marcados. Ambos foram de cabeça e fora de casa em partidas do nacional contra Coritiba e Juventude – os dois jogos terminaram em 1×1. No Brasileiro, o zagueiro tomou apenas um amarelo que foi diante do São Paulo, no Morumbi.

Vitão subiu alto para fazer gol diante do Coritiba – Foto: Divulgação/Inter

Mano Menezes adora Vitão

Um dos maiores admiradores do futebol de Vitão é o próprio técnico colorado Mano Menezes, que, em coletiva dada durante a disputa do Brasileirão, sugeriu até a sua ida à Seleção Brasileira:

“Ele vem demonstrando para todo o Brasil, de forma meio surpreendente, porque conhecíamos pouco. Demonstrando ser um zagueiro muito bom. Certamente se jogasse no centro do país, poderia ser lembrado para coisas maiores. Os dois jogadores casaram bem. Já diziam os antigos treinadores, que isso é importante, eles se complementarem. Se respeitam muito, se ajudam muito. Construímos um sistema defensivo bom, acredito muito no sistema”, disse Mano, na oportunidade.

VEJA MAIS NOTÍCIAS: