fbpx

Comentarista diz que ninguém respeita o Grêmio e deixa alerta para Roger, Abrahão e Bolzan: “Mesmo filme do ano passado”

Tricolor gaúcho ainda não conseguiu entrar no G-4 da Série B e permanece no 5° lugar

Identificado com o Grêmio, o jornalista e comentarista Alex Bagé mostrou imensa preocupação com o futuro a curto e médio prazo do clube depois do empate com o Sport Recife. Precisando de uma vitória simples para ingressar no G-4 da Série B, o time gaúcho não saiu nesta segunda-feira de um 0x0 fora de casa – foi o seu 5° jogo na competição com este mesmo placar até agora.

Para Bagé, o Grêmio de 2022 está sendo uma cópia do de 2021, quando, na época, teve várias oportunidades para vencer um jogo e sair do Z4, mas nunca conseguiu. Agora, a situação tem se invertido com a dificuldade de entrar no grupo dos quatro primeiros:

“É o mesmo filme do ano passado. ‘Daqui a pouco ganha, daqui a pouco entra, sábado ganha…’. E sempre adiando. Hoje ninguém mais respeita o Grêmio. Eu se sou o técnico do Sampaio Corrêa jogo na Arena tentando trocar garrafa com os caras. Agora querem pedir apoio da torcida. A mesma torcida que é destratada quando vai na Arena e paga ingresso caro”, comentou Bagé no pós-jogo da Rádio Gaúcha.

Apesar das críticas, que também vieram por parte de torcedores, o técnico Roger Machado classificou a atuação gremista na Arena Pernambuco como “de bom nível”:

“A escolha de equipe se mostrou eficiente para o propósito que tínhamos. Mesmo com a formação de início, criamos bastante. A frustração do empate é por termos concluído bastante. Mas foi um bom jogo. Pela formação, por jogar fora de casa. Acho que tivemos bom nível”.

Em termos de tabela, o Grêmio se manteve em 5° lugar agora com 18 pontos, um a menos que o próprio Sport, que é o 4° colocado. O próximo compromisso gremista é no sábado, 11h, na Arena, diante do Sampaio Corrêa.

CLIQUE NAS MANCHETES ABAIXO PARA LER MAIS NOTÍCIAS SOBRE O GRÊMIO:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas