Clemer lembra 2005 e diz que estranhou quando Márcio Rezende de Freitas virou comentarista da Globo

Ex-goleiro Clemer foi titular do Inter durante muitos anos e venceu títulos importantes

Publicidade

Nome emblemático da história do Inter, o ex-goleiro Clemer faturou diversos títulos importantes com a camisa colorada, mas ficou faltando um Brasileirão. A grande chance ocorreu em 2005, quando o time está disputando ponto a ponto com o Corinthians, mas as polêmicas de arbitragem no confronto direto pesaram a favor dos paulistas.

No jogo decisivo entre Corinthians 1×1 Inter, no Pacaembu, o árbitro Márcio Rezende de Freitas não apenas não deu pênalti de Fábio Costa em Tinga como, alegando simulação, expulsou o volane colorado. Após encerrar a carreira, Freitas virou comentarista de arbitragem da TV Globo em Minas Gerais, algo que surpreendeu Clemer.

Veja também:
1 De 6.010

“Tá louco! Aquilo ali foi brincadeira. Depois ele virou comentarista. Aí eu falei: ‘Futebol está acabando mesmo, não tem jeito’. Aí vem o presidente do Corinthians e vem dizer que foi armado, que o campeão era o Inter. A nossa torcida, quando chegamos da última rodada, parecia que éramos os campeões. Eles reconheceram o que a gente fez. Só que, vai passando o tempo, tu vai ver o ano de 2005 e quem foi o campeão? O Corinthians”, disse o ex-goleiro ao Charla Podcast.

Clemer virou ídolo da torcida

Após a decepção do polêmico vice de 2005, o Inter, contando com Clemer no gol, uniu forças para vencer no ano seguinte tanto a Libertadores quando o Mundial em cima de São Paulo e Barcelona, respectivamente. O ex-arqueiro também levaria, como titular, a Recopa Sul-Americana em 2007 fechando a “tríplice coroa”.

Leia mais DO INTER:

Canal WhatsApp - Zona Mista Inter

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas