Casimiro dá moral ao Grêmio durante o sorteio da Libertadores: “Grupo C de copeiro”

Comunicador fez comentários durante o sorteio da badalada competição continental

Publicidade

O youtuber, streamer e apresentador Casimiro Miguel, o “Cazé”, deu uma moral ao Grêmio durante o sorteio da fase de grupos da Libertadores, que foi realizado na noite desta segunda-feira no Paraguai a partir de cerimônia da Conmebol. Assim que o tricolor caiu no “Grupo C”, o comunicador brincou com a letra e disse se tratar de “Grupo C de copeiro”.

A própria torcida do Grêmio gosta e utiliza o apelido “copeiro” em função da fama positiva do time em competições mata-mata, como a Libertadores. Tricampeão, sendo pela última vez na temporada de 2017, o tricolor irá tentar o seu tetracampeonato na edição deste ano.

Ainda a ter detalhes confirmados pela Conmebol, a estreia do Grêmio na fase de grupos da Libertadores ocorrerá na semana do dia 3 de abril e será diante do The Strongest, fora de casa, na altitude de 3,6 mil metros de La Paz, na Bolívia.

A ordem de jogos do Grêmio no Grupo C

  • The Strongest (F) – 2 a 4 de abril
  • Huachipato (C) – 9 a 11 de abril
  • Estudiantes (F) – 23 a 25 de abril
  • Huachipato (F) – 7 a 9 de maio
  • Estudiantes (C) – 14 a 16 de maio
  • The Strongest (C) – 28 a 30 de maio

Uma preocupação que a ordem das partidas causa no Grêmio é o fato de que a estreia, na Bolívia, será entre os dois jogos da finalíssima do Gauchão. O tricolor, claro, ainda precisa carimbar a sua vaga na decisão. Mas está perto dela após ter vencido o Caxias, sábado, em Caxias do Sul, por 2×1, no embate de ida da semifinal.

“Não tem jogo fácil. Quem quer ganhar Libertadores, não escolhe rival. É um grupo competitivo. Campeão chileno, campeão boliviano e um time argentino que é sempre um clássico. Vai ser interessante, com bons jogos e esperamos fazer boas partidas para se classificar em boa colocação”, avaliou o presidente Alberto Guerra, à Rádio Gaúcha, antes de minimizar a questão das datas:

“Primeiro, temos que nos classificar para as finais, respeitando o Caxias. Temos um segundo jogo e não há jogo jogado. Temos que nos concentrar em passar para a final. A consequência disso será viajar para a Bolívia entre os jogos das finais, mas esse é o ônus do clube grande que quer ser campeão da América e novamente do Gauchão, que seria o nosso hepta. Temos um hepta estadual na história e queremos repetir”, afirmou.

Grêmio tem Renato e Alberto Guerra
Alberto Guerra acredita em boa campanha do Grêmio na Libertadores – Foto: Reprodução/RDCTV

Logística preocupa treinador do Grêmio

Em breve mensagem enviada à imprensa após o término do sorteio, o treinador gremista Renato Portaluppi manifestou uma certa preocupação com a logística de viagem para o jogo de estreia na Bolívia:

“Libertadores não tem jogo fácil. Vamos organizar bem a nossa logística porque esse primeiro jogo lá na altitude não é uma coisa simples. Bem pelo contrário. Mas isso é uma situação para pensarmos ali na frente”, considerou o técnico.

Antes de tudo isso, o Grêmio pensa na volta da semifinal do Gauchão contra o Caxias e reencontra este adversário na próxima terça-feira, dia 26, às 21h, na Arena, tendo a vantagem do empate para se classificar à final.

Leia mais notícias:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul