Apresentador vê Grêmio “criando inimigos” e avalia postura de Renato: “Não aceita ser criticado”

Leonardo Meneghetti, do "Debate Raiz", deu a sua visão sobre o momento do tricolor

Em vídeo para o seu canal do YouTube, o apresentador do programa “Debate Raiz”, Leonardo Meneghetti fez críticas à postura de Renato Portaluppi na coletiva de imprensa que deu no sábado, na Arena, depois da vitória do Grêmio sobre o Guarany de Bagé, pelo Gauchão. Para o jornalista, o treinador gremista não aceita ser criticado e erra ao criar o recurso de fechar os treinamentos para os repórteres:

“De que ele ficou preparando o time, é uma balela. Na minha opinião, a ausência dele em Ijuí se deu por pura preguiça. É legítima a manifestação e a reação do Renato. Ele não aceita ser criticado e isso é histórico dele. O Renato não tem a coragem e dá entrevista apenas para quem ele escolhe. Com esse recurso de fechar os treinos, ele acha que vai mudar a opinião de alguém? A minha não vai mudar”, apontou.

Veja também:
1 De 6.116

Para Meneghetti, o Grêmio, historicamente, através de outros treinadores e dirigentes, usa do mecanismo de “criar inimigos” para se motivar internamente:

“O Grêmio historicamente parece precisar de inimigos. O Felipão fazia isso, o Cacalo fazia isso. Era contra o Palmeiras da Parmalat, era contra a imprensa, era contra a arbitragem do centro do país. Agora parece ser contra a FGF e contra o Daronco. Isso vai dar mais bola para o Grêmio? Vai fazer ganhar a Libertadores? Se sim, eu aplaudo”, finalizou.

As falas de Meneghetti sobre o Grêmio:

LEIA MAIS:

Acesse o canal do nosso WhatsApp e ative o sininho para receber notícias:

Canal WhatsApp - Zona Mista Grêmio
Entre no canal e ative o sininho para receber as notificações

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas