fbpx

Após liberar trio de jovens, Grêmio prepara novas saídas e não descarta se desfazer de medalhões do elenco

Direção gremista segue trabalhando nos bastidores para ajustar o atual plantel de atletas

O torcedor do Grêmio pode seguir esperando modificações no elenco nas próximas semanas. Após liberar Victor Bobsin, Ricardinho e Fernando Henrique, a direção pretende seguir fazendo ajustes até para reduzir a folha salarial, que atualmente se encontra na casa de R$ 10 milhões. As cifras são consideradas altas pelo clube principalmente em ano de queda de receita na Série B.

Nesse sentido, a direção pode inclusive facilitar a saída de “medalhões” do elenco, isto é, jogadores mais experientes como Lucas Silva, Thiago Santos e Martín Benítez. Os três foram citados pelo site Gremistas como potenciais peças de saída do clube em um futuro próximo.

Ainda há a situação do zagueiro argentino Walter Kannemann, de 31 anos, que tem contrato apenas até dezembro e não foi até agora chamado para renovar. Ele tem um dos salários mais altos do elenco e foi alvo de sondagem de um clube do Catar nesta semana. Neste momento, sua permanência no Grêmio é incerta.

Em relação a novos reforços, o clube se diz atento ao mercado, mas, até agora, viabilizou somente os retornos de Thaciano, Lucas Leiva e Guilherme. Um novo lateral-direito e um meia de articulação seriam peças desejadas pelo técnico Roger Machado.

Clique nas manchetes abaixo para ler mais notícias sobre o Grêmio:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas