Andrezinho indica que Nova Iguaçu poderá preservar titulares contra o Inter: “Não podemos abraçar o mundo”

Ex-meia atualmente trabalha como coordenador do adversário do Inter nesta quarta

Publicidade

De olho na semifinal do Campeonato Carioca contra o Vasco da Gama, o Nova Iguaçu cogita até preservar alguns titulares no jogo desta quarta-feira, contra o Inter, às 20h, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, pela segunda fase da Copa do Brasil. O coordenador do time carioca, que é o ex-meia colorado Andrezinho, abriu essa possibilidade em entrevista ao canal Mundo GV, no YouTube.

Para Andrezinho, o Nova Iguaçu precisa ter a consciência de que não vai dar para “abraçar o mundo” e que, neste momento, a partida decisiva contra o Vasco no domingo, às 16h, é mais importante para os objetivos do clube na temporada:

“Tem que perguntar pro treinador. Eu não sou ele. Não escuto, sou surdo (risos). Tirando a brincadeira, temos que ter um meio termo. Não podemos querer abraçar o mundo. A gente sabe da dificuldade que vai ser o jogo contra o Inter. E sabemos que o jogo contra o Vasco no fim de semana é o jogo da vida do Nova Iguaçu. Tivemos uma conversa no vestiário depois da partida e eu vi o amadurecimento da equipe. A gente perdeu uma grande chance de matar o confronto ali”, disse o ex-meia.

Sensação do estadual do Rio de Janeiro, o Nova Iguaçu vencia a partida de ida da semi contra o Vasco por 1×0 no último fim de semana, mas levou o gol do empate em 1×1 antes do fim. Na Copa do Brasil, o time carioca avançou na primeira fase goleando o Itabuna-BA por 8×0. Já o Inter passou fazendo 2×0 no ASA, em Alagoas.

Andrezinho fez história no Inter

Em outras entrevistas, Andrezinho já deixou claro o seu prazer de poder reencontrar velhos amigos do seu tempo de Inter, clube no qual jogou entre 2008 e 2011. Em sua época, venceu grandes títulos como Copa Sul-Americana, Libertadores e Recopa Sul-America. Era reconhecido principalmente por suas assistências e gols de falta.

Eduardo Coudet tem dúvida para o jogo

Da parte colorada, uma das dúvidas da partida de quarta é sobre o aproveitamento do centroavante equatoriano Enner Valencia, que vem com dores no tornozelo direito desde o último Gre-Nal e saiu mais cedo do treinamento da segunda-feira. Caso não possa jogar, o argentino Lucas Alario, que fez gols no próprio Gre-Nal e também contra o ASA, surge como alternativa natural para a função.

O Inter ainda deverá ter estreias na partida contra o Nova Iguaçu, já que a CBF deu o aval para o clube poder levar o volante Thiago Maia e o atacante Rafael Borré para Brasília. Além deles, o também volante Fernando poderá ser relacionado normalmente visando a sua primeira partida pelo clube gaúcho.

“Quarta-feira teremos mais esse jogo difícil pela frente. Agora é descansar, depois começar a treinar e foco total nesta partida de quarta que é um jogo importante. Temos que fazer muito bem feito para poder sair com a vitória e a classificação de lá”, comentou o volante Bruno Henrique depois da vitória de sábado sobre o São Luiz, pelo Gauchão.

Bruno Henrique
Bruno Henrique na expectativa pelo jogo – Foto: Reprodução/YouTube

Na segunda fase, a Copa do Brasil estabelece em seu regulamento que um eventual empate no tempo normal leva a decisão para as penalidades máximas. Depois, na terceira fase, há um novo sorteio contra a entrada dos clubes da Libertadores e de outros pré-classificados.

LEIA MAIS NOTÍCIAS DO INTER:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul