fbpx

Abel explica significado do Gre-Nal e revela convite que faria repensar pausa na carreira: “Vou correndo”

Ex-treinador do Inter deixou o Fluminense recentemente no começo do Brasileirão

Ídolo histórico do Inter pelos títulos conquistados, principalmente em 2006, o técnico Abel Braga sabe como poucos o significado de um Gre-Nal. Mesmo tendo passado por outros clubes e disputado vários clássicos pelo Brasil, o experiente profissional fala com propriedade que a rivalidade do Rio Grande do Sul é a maior de todas que já presenciou.

“O Gre-Nal para a cidade. Vai ter Gre-Nal, não importa como você está, mas muda o humor. Uma cidade que não tem praia. Dá uma divulgação grande pro futebol. É a maior rivalidade que eu já vi. Em Minas também é muito forte, e o Rio é como São Paulo por ter mais times”, declarou Abel em recente entrevista ao jornalista Rica Perrone, no YouTube.

Abel, atualmente, está sem clube desde que deixou o Fluminense ainda no começo do atual Brasileirão. Ele tem dito que não quer mais ser treinador e que quer seguir a linha de colegas como Paulo Autuori e Muricy Ramalho na função de coordenador:

“Seleção foi um sonho pra mim. Depois que eu ganhei o Mundial e também quando teve o convite para o Muricy. Não fui procurado, mas tive perto. (Largaria tudo) claro, óbvio. Hoje eu já larguei tudo e quero ser coordenador. (Se tiver convite da Seleção hoje) vou correndo, óbvio. Seleção é o seu máximo, ainda mais no futebol brasileiro. Dimensão enorme”, ampliou Abel.

Clique nas manchetes abaixo para ler mais notícias sobre o Inter:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas