A frase de Barcellos após Mano dizer que Inter “triplicou bicho” por vitória sobre o Corinthians

Alessandro Barcellos não gostou da postura de Mano Menezes em sua coletiva

A direção do Inter nega, até com certa veemência, a informação dada por Mano Menezes de que os jogadores colorados receberiam “bicho triplicado” por vitória sobre o Corinthians. No jargão do futebol, isso significa uma premiação em dinheiro ainda maior pelo resultado positivo, que de fato aconteceu pelo placar de 2×1, na Neo Química Arena, com gols de Mauricio e Wanderson.

Em entrevista breve concedida à Rádio Bandeirantes, minutos antes da coletiva de Eduardo Coudet, o presidente colorado Alessandro Barcellos demonstrou um certo desconforto com a situação. E disse se tratar de uma “desculpa” de Mano pela derrota do seu time:

Veja também:
1 De 6.090

“Isso é desculpa, não tem nada disso. Estamos tratando essa reta final com muita seridade e vamos ganhar o quarto jogo se Deus quiser. O jogo foi bom para caramba e não vou falar de eleição hoje. Espero que o Coudet fique sim”, declarou Barcellos, posteriormente complementado pelo Gerente Esportivo, Magrão:

“Da nossa parte, não teve nada disso de bicho. Focamos nos três jogos. Saímos de Porto Alegre para quebrar os dois tabus. Aqui a torcida deles é muito forte. Já joguei no Corinthians, mas não teve nada de bicho extra. Estávamos mobilizados nos jogos que restavam”, afirmou Magrão.

Mano
Mano deverá seguir no Corinthians em 2024 – Foto: Reprodução/Twitter

Mano trabalhou com Barcellos no Inter

Até bem pouco tempo atrás, Mano Menezes era o treinador de Alessandro Barcellos no Inter. Após um período longe do futebol brasileiro, o atual comandante do Corinthians acertou com o time gaúcho ainda no começo do Brasileirão de 2022, campeonato do qual se sagrou vice atrás apenas do campeão Palmeiras. Em 2023, sem títulos conquistados, Mano foi demitido pelo colorado após um empate sem gols com o Palmeiras no Beira-Rio.

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas