“Vamos tomar uma cerveja?”: a divertida história contada por Mano Menezes sobre a convivência com Perdigão

Ex-volante trabalhou com Mano Menezes durante a temporada de 2004 no XV de Campo Bom

Publicidade

Lembrado por seu estilo irreverente e boêmio, mas também pelo bom futebol que tinha com a bola nos pés, Perdigão trabalhou com Mano Menezes no início da carreira do treinador ainda no XV de Campo Bom, que quase marcou época ao chegar na semifinal da Copa do Brasil de 2004. Aquela surpreendente equipe perderia na semifinal para o Santo André, que, posteriormente, venceria o Flamengo na decisão.

Mano relembrou com carinho tanto do XV como de Perdigão em entrevista concedida na noite da última quinta-feira ao jornalista João Bosco Vaz, no YouTube. E lembrou de uma das mais divertidas histórias do momento em que o ex-volante foi ser contratado pelo clube de Campo Bom:

“Perdigão era sensacional desde a contratação dele pelo XV de Novembro. Ele, sempre com muita personalidade. Na época da contratação, um dirigente foi conversar com ele e a negociação estava difícil, um pouco demorada. Aí ele perguntou: ‘Você tem autonomia para conversar comigo? Se não tiver, vamos tomar uma cerveja’ (risos). Foi um grande jogador naquele nosso time no XV. Fez uma ótima campanha com a gente principalmente na Copa do Brasil, quando ficamos no 3° lugar”, disse Mano, aos risos.

Foi exatamente pela boa fase com a camisa do XV que Perdigão chamou a atenção do Inter e em 2005 chegou ao Beira-Rio junto com Edmilson e Ediglê. Mais tarde, o jogador faria parte do elenco que venceria a Libertadores e também o Mundial da temporada seguinte.

VEJA MAIS NOTÍCIAS DO INTER:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul