Torcida do Corinthians solta nota oficial, recorda 2007 e exige vitória para rebaixar o Grêmio: “Tripudiou de nossa tragédia”

Gaviões da Fiel, maior torcida do clube paulista, vai criando um clima forte para o jogo de domingo

O Grêmio ainda tem o São Paulo pela frente nesta quinta-feira, 20h, na Arena, pelo Brasileirão, mas já sabe que viverá um forte clima hostil no domingo, 16h, na Neo Química Arena, em Itaquera. Durante a noite de quarta-feira, a Gaviões da Fiel, maior torcida do Corinthians, soltou nota oficial exigindo vitória no domingo para rebaixar o clube gaúcho.

A torcida paulista fez menção à última rodada de 2007, quando aconteceu um empate em 1×1 no Olímpico, em Porto Alegre, que gerou o rebaixamento do Corinthians também em função da vitória do Goiás sobre o Inter no Serra Dourada no mesmo horário. Assim, os paulistas jogaram a Série B em 2008 pela primeira vez na história.

“Essa despedida (da Arena do Corinthians em 2021) guarda um desses enredos que alimentam o torcedor. No dia mais triste de nossas vidas, estávamos diante desse mesmo adversário, que participou, se orgulhou e tripudiou de nossa tragédia. Assim é o futebol, mas o mundo gira, não é mesmo?”, diz um trecho da publicação da Gaviões, que você confere na íntegra logo abaixo.

Neste momento, o Grêmio tem 36 pontos no 18° lugar e vê o primeiro time fora do Z4, o Athletico, ter 42. Em outras palavras, o tricolor gaúcho precisa tirar seis pontos com apenas 9 em disputa do primeiro rival fora da zona de degola. Dependendo de resultados paralelos, a equipe de Vagner Mancini já pode chegar rebaixada para o duelo contra o Corinthians.

Leia o comunicado da Gaviões da Fiel antes de Corinthians x Grêmio:

“A/C atletas do Corinthians

Não foi uma temporada fácil. Não existe sofrimento maior para a Fiel Torcida do que estar longe do Corinthians. Desde que voltamos a estar juntos, mostramos porque nossa relação é especial, diferente: somos mesmo parte do time, o décimo segundo jogador.

Neste jogo, nos despedimos dessa temporada na Arena ansiosos pela próxima que virá.

A gente acredita nesse elenco.

Estamos felizes em ver nossos garotos da base brilhando no time principal e entendendo o que é o Corinthians desde cedo. Felizes em poder contar com atletas que nunca quiseram sair do Corinthians e que tratam aqui como a sua segunda casa. E felizes, também, em ver o retorno e a chegada de grandes referências, profissionais que chamam a responsabilidade para si muitas vezes nesse momento de reconstrução.

Todos juntos formam esse time no qual a gente acredita.

Essa despedida guarda um desses enredos que alimentam o torcedor. No dia mais triste de nossas vidas, estávamos diante desse mesmo adversário – que participou, se orgulhou e tripudiou de nossa tragédia. Assim é o futebol, mas o mundo gira, não é mesmo?

Girou!

É por isso que a gente conta com vocês para lavarem a nossa alma. Para entrarem em campo com o espírito de luta habitual do corinthiano. Não se trata de uma vingança barata, mas queremos nos mostrar que estamos aqui, mais fortes do que nunca, e que esse passado trágico ficou para trás.

NINGUÉM ZOMBA DO ALVINEGRO DO PARQUE SÃO JORGE!

O título não veio, mas queremos outros presentes: o rebaixamento do nosso adversário, acompanhado da quarta colocação no campeonato para encerrarmos bem a temporada e olharmos para 2022.

No próximo ano, a gente ainda não sabe cravar o que virá pela frente, mas tem certeza do que espera: um time aguerrido, um elenco unido, jogadores que defendem e honram a nossa camisa. Que entenderam que o Corinthians é a principal força do futebol brasileiro. E que, junto com a Fiel Torcida, é imbatível.

Ganhem mais essa pela gente.

E contem com a gente. Faremos sempre a nossa parte.

Pelo Corinthians, com muito amor, até o fim!”

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Notícias do Grêmio em primeira mão:

Veja também:

1 De 6
Comentários
Loading...