Querendo voltar? Taison mostra se arrepender de críticas ao presidente do Inter: “Todos os dias”

Atacante tem 36 anos e recentemente renovou com o PAOK, da Grécia, até 2025

Publicidade

Em resposta a um seguidor nas redes sociais no último final de semana, o atacante Taison, hoje com 36 anos, admitiu que se arrepende de ter feito fortes críticas ao presidente do Inter, Alessandro Barcellos, em 2023, no momento da sua saída do clube. Hoje, o experiente jogador se encontra adaptado ao PAOK, da Grécia, com quem renovou até 2025 recentemente.

“Ba o que o Taison deve se arrepender de ter falado do Barcellos aquela vez é brincadeira. Poderia facilmente estar nessa barca e ser uma liderança junto com o Alan Patrick”, escreveu um internauta de nome Rafael Ribeiro. “Todos os dias, Rafa! Mas sigo na torcida”, respondeu Taison.

No começo de fevereiro, Taison, ao renovar com o PAOK, deixou uma mensagem em suas redes sociais expressando alegria pela continuidade:

“Olá, nação de Paok! Gostaria de agradecer a todos vocês por me apoiarem e agradecer a todos os funcionários da equipe por confiarem em mim! Estou me sentindo amado aqui! E o ambiente que temos para jogar futebol é incrível! Obrigado a todos vocês! Farei o meu melhor pelo Paok”, postou o atleta em seu Instagram.

Presidente do Inter não tem mágoa de Taison

Algumas semanas antes desta renovação, o presidente Alessandro Barcellos deu entrevista à Rádio Atlântida negando qualquer tipo de mágoa com Taison. E, inclusive, dizendo que as portas do Beira-Rio continuavam abertas a ele:

“Não vamos mudar o discurso. É um jogador fundamental para a história do Inter. É um colorado identificado e sempre terá portas abertas, mas são questões da vida profissional que colocam os jogadores em outros clubes. Natural que, quando se aproxima esse momento da carreira, essas possibilidades surjam. Vamos tratar com respeito”, afirmou o mandatário.

Inter
Taison na época da contratação em 2021 – Foto: Reprodução/Twitter – Alessandro Barcellos

Quando Taison causou polêmica?

Quando estava bem perto de sair do Inter, Taison fez fortíssimas declarações contra Barcellos em live na Twitch com o streamer “Paivinha”, enquanto jogavam Fifa. O jogador chegou a dizer que não queria mais ver o presidente “nem pintado de ouro”:

“Ele (Alessandro Barcellos) eu não quero ver nem pintado de ouro na minha frente. Você não tem noção do que eu passei. Pensa eu te ligando todos os dias, tu numa boa no teu clube, sem problema nenhum, ganhando bem no time que era capitão. E o cara te ligando. Aí eu rescindi meu contrato no Shakhtar, deixei um monte de dinheiro lá, pra isso acontecer. O que fizeram comigo no clube eu nunca pensei que iriam fazer. Eu saí de lá e pedi para cuidarem dos roupeiros e massagistas, porque eles sim são o Inter”, comentou Taison, na ocasião.

“Eu falei na cara dele: ‘Eu deveria ter feito igual o Yuri fez com vocês. Igual o Yuri Alberto. Jurou para vocês que viria para o Inter numa segunda-feira e na quarta foi anunciado pelo Corinthians e botou o DVD lá. Vocês gostam de jogador assim'”, finalizou, na época.

LEIA MAIS DO INTER:

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)