Seleção “mano a mano” de Inter e Grêmio do Grupo RBS deixa Kannemann de fora; veja time

Comunicadores da Rádio Gaúcha e RBSTV opinaram de olho no Gre-Nal de domingo

Publicidade

De olho no Gre-Nal de domingo, às 16h, no Beira-Rio, pelo segundo turno do Brasileirão, o Grupo RBS, através dos seus comunicadores esportivos Marcelo De Bona, José Alberto Andrade e Diogo Olivier, montaram uma “seleção” com os melhores de Inter e Grêmio. A disputa final ficou equilibrada com cinco jogadores colorados, seis gremistas e o técnico Renato Portaluppi.

O time ficou assim: Rochet; João Pedro, Geromel, Mercado, Reinaldo; Villasanti, Aránguiz, Pepê, Alan Patrick; Wanderson e Suárez. Técnico: Renato Portaluppi.

Veja também:
1 De 6.005

Ex-Grêmio protesta por ausência de Kannemann

No Twitter, assim que viu a montagem desta seleção, o ex-vice de futebol do Grêmio, Paulo Caleffi, protestou imediatamente com a ausência do zagueiro argentino Walter Kannemann, que “perdeu” a disputa com Gabriel Mercado.

“O maior “colocador de atacantes do coirmão no bolso” nos últimos anos foi deixado de fora da zaga no ‘mano a mano’ do Grenal. Me associo ao que disse o Renato hoje na coletiva, vamos para um bar analisar resultados. Apenas uma ressalva: o meu chopp é com colarinho”, escreveu.

https://twitter.com/p_caleffi/status/1710361879917269056

Sem favoritismo?

Na opinião do técnico Renato Portaluppi, que concedeu coletiva de imprensa durante esta sexta-feira, não há favoritismo para o jogo de domingo:

“Não é favorito, não tem favorito. Independentemente da posição. Eles foram desclassificados, mas podem ter a oportunidade de recuperar a confiança com o torcedor. Estão em posição delicada no Brasileirão. Me criticaram, falaram ‘ah o Renato disse que o ano é excepcional’, mas é mesmo. O ano do Grêmio é excepcional sim, por tudo que passamos vindo de uma segunda divisão”, opinou.

Canal WhatsApp - Zona Mista Grêmio
Entre no canal e ative o sininho para receber as notificações

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas