Técnico do São José mantém irritação com Coudet: “Muito fácil ir na TV pedir desculpas”

China Balbino não gostou da postura de Eduardo Coudet no duelo deste domingo

Publicidade

Expulso juntamente com Eduardo Coudet no primeiro tempo de São José 0x1 Inter neste domingo, pelo Gauchão, o técnico do Zequinha, China Balbino, não gostou nem mesmo do pedido de desculpas de Chacho na coletiva pós-jogo. Para China, o seu oponente demonstrou “desequilíbrio” na discussão que acabou marcando negativamente o desenrolar da partida.

“É muito fácil vir na frente da TV e pedir desculpas. O desequilíbrio e a mudança de postura partiu dele”, disse China, antes de falar do jogo: “Deixamos escapar um empate por situações que devemos evoluir e trabalhar para concluir melhor nas próximas oportunidades”.

Veja também:
1 De 5.995

A irritação de Coudet surgiu após o São José não devolver uma bola e não dar andamento ao “fair play” tido pelo Inter na origem de um lance. Em seguida, China se mostrou muito irritado e precisou ser contido por funcionários e jogadores do seu time – reveja aqui.

O que disse Coudet sobre o episódio

Na entrevista pós-jogo, Coudet admitiu que passou um pouco do ponto na sua reclamação e pediu desculpas para o treinador adversário:

“Primeiro gostaria de pedir desculpa por reclamar tão fortemente. Me excedi, mas na verdade, no momento, senti que foi uma jogada muito feia para o futebol. A não devolução da bola não esperávamos. Também não posso falar que é culpa do treinador rival. Peço desculpas a ele também. Não sou desrespeitoso. É o 1º vermelho que tomo no Brasil”, alegou.

Sem Coudet, que cumprirá suspensão, o Inter, que é o novo líder do Gauchão com 16 pontos, volta a jogar na quarta-feira, 21h30, em casa, contra o Brasil de Pelotas.

Canal WhatsApp - Zona Mista Inter

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas