Rochet não vê nada ganho e pede mais gols por “tranquilidade” na terça: “Já sofremos contra o River”

Goleiro Sergio Rochet novamente se destacou pelo Inter em jogo da Libertadores

Publicidade

Com pelo menos três grandes defesas, o goleiro Sergio Rochet ajudou o Inter na vitória de 1×0 sobre o Bolívar nesta terça-feira, em La Paz, pela ida das quartas de final da Libertadores. Após o jogo, ele deu entrevista coletiva ao lado do técnico Eduardo Coudet e já pediu, desde agora, atenção total ao duelo de volta na terça que vem, 19h, no Beira-Rio.

Rochet não quer ver o Inter relaxando em cima da vantagem e pediu mais gols visando “tranquilidade”, para que a classificação não seja tão sofrida como foi na fase anterior, nos pênaltis, contra o River Plate.

Veja também:
1 De 6.010

“Temos vantagem de um gol, mas não podemos relaxar. Vamos tentar fazer o que estamos fazendo como mandantes. Vamos tentar fazer mais gols para ficar tranquilos. Já sofremos muito com o River. Eles vão jogar a vida lá. Não podemos relaxar”, disse Rochet.

Mais falas de Rochet após Bolívar 0x1 Inter

Partida de “sacrifício” do Inter

A equipe toda fez uma partida de sacrifício. Todos teríamos de fazer um grande jogo e fizemos. Conseguimos um resultado muito bom. É muito difícil ganhar aqui. Nós conseguimos, mas foram os primeiros 90 minutos. Eles jogam bem fora de casa. Vamos nos preparar

Experiência em campo

A experiência nesse tipo de jogo é importante. Saber que sofreríamos. Ter um time maduro faz tudo ficar mais fácil. Ajuda ter jogadores de prestígio e com uma carreira importante. Ter capitães com Gabi, Alan, Enner e Charles. Eles falam o tempo todo. Isso é importante para nos mantermos em alerta

Preparação com bolas com gás hélio

Acredito que ajudou. (A bola) Fica com mais velocidade e mais movimento. São detalhes que fazem a diferença em um jogo decisivo. Temos de cometer menos erros (na volta). Estamos no caminho certo. Temos também de nos levantar no Brasileirão

Leia mais:

Canal WhatsApp - Zona Mista Inter

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas