“O campo não ajudou”: o que disseram os jogadores do Grêmio após o empate com o Ypiranga

Alguns jogadores gremistas deram entrevistas depois do empate no Colosso da Lagoa

Publicidade

Após empatar em casa em 1×1 com os titulares no sábado diante do São Luiz, o Grêmio voltou a ficar apenas em um empate no Gauchão. Desta vez, o tricolor não saiu do zero diante do Ypiranga, em Erechim, em jogo marcado pela presença de reservas e jovens da base. Na saída de campo, alguns atletas gremistas lamentaram as condições do gramado do Estádio Colosso da Lagoa:

Caíque:O campo dificultou nosso jogo. O importante é somar pontos. Soubemos sofrer e tivemos chances de sair com a vitória. Agora é voltar e falar com o professor. Temos que brigar até o último momento e buscar esse título. Renato sempre fala que temos que ficar prontos para as oportunidades. Quem representa o Grêmio tem que mostrar serviço. É seguir trabalhando para aproveitar as oportunidades

Bruno Uvini:Acredito que tivemos duas ou três chances de gols, poderíamos ter feito e ter saído com a vitória. Apesar da falta de entrosamento, acho que não faltou luta, pessoal tentou agarrar a oportunidade. As condições atrapalharam o pessoal, que tinha um pouco mais de qualidade para matar o jogo

Ronald:É muito bom estar de volta. Faltou matar o jogo, tivemos uma boa oportunidade, mas o campo não ajudou a gente a jogar nosso futebol, que é de aproximação. Mas foi um ótimo resultado contra a forte equipe do Ypiranga

Próximo jogo do Grêmio

Agora com 17 pontos no Gauchão, ainda no 2° lugar da tabela de classificação, o Grêmio promove o retorno dos seus titulares neste sábado, 16h30, em casa, diante do Santa Cruz.

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul