Presidente do Inter admite que ficou bem mais difícil pensar em títulos: “Não temos condições de garantir”

Alessandro Barcellos concedeu nova entrevista para falar do momento do clube

Publicidade

Sincero sobre o novo momento vivido pelo Inter, que sequer sabe quando poderá jogar novamente no Beira-Rio, o presidente Alessandro Barcellos fez uma revisão dos objetivos do time na temporada em entrevista à Rádio Gaúcha. Ele lamentou, mas admitiu que ficou muito mais difícil pensar em títulos diante do delicado cenário atual imposto pelas enchentes no Rio Grande do Sul:

“Vocês estão acompanhando as adversidades que estamos passando. Muito diferente da perspectiva que tínhamos desenhado no início do ano. Existe o fator de capacidade física e mental para responder a um calendário como esse. Impossível manter, as expectativas são outras agora”, comentou.

Veja também:
1 De 6.010

A ideia do Inter é continuar com o discurso do “jogo a jogo”, a começar por terça-feira, 21h30, na Arena Barueri-SP, diante do Belgrano, em mais um duelo válido pela fase de grupos da Copa Sul-Americana.

“(Vai ser) jogo a jogo, pensando na retomada. E isso vai nos dizer o objetivo final. Impossível fazer um planejamento e concluir que é possível conquistar um título sem saber onde treinar e jogar. É humanamente impossível. Não temos condições de garantir nada mais do que, a cada jogo, buscar a vitória e a entrega”, ampliou.

A situação do Inter nas competições

Com jogos atrasados em ambas as competições, o Inter, neste momento, é o 10° colocado do Brasileirão com 7 pontos e está em 3° no Grupo C da Sul-Americana com 5 pontos. Na Copa do Brasil, a CBF ainda não remarcou os jogos contra o Juventude pela terceira fase do torneio.

Próximos confrontos

Presidente do Inter admite que ficou bem mais difícil pensar em títulos: "Não temos condições de garantir"

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Canal WhatsApp - Zona Mista Inter

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas