“A não ser o Haaland ou o Lewandowski”: presidente do Grêmio cita dificuldades na reposição de Suárez

Grêmio já começa a trabalhar para fazer uma reposição forte em cima de Luis Suárez

Publicidade

Após Suárez se despedir em grande estilo marcando dois gols na vitória sobre o Fluminense, o Grêmio começa a intensificar o trabalho de busca no mercado por um novo camisa 9. Mas, desde já, o presidente Alberto Guerra admite não se tratar de uma tarefa fácil, sendo quase impossível efetivar a contratação de um jogador do mesmo nível do uruguaio.

Em entrevista concedida na beira do gramado do Maracanã, antes da vitória na última rodada do Brasileirão, Guerra falou dessas dificuldades e disse que a reposição “no mesmo nível” só aconteceria com Haaland, do Manchester City e Lewandowski, do Barcelona, que obviamente são jogadores fora da realidade do Grêmio e do Brasil.

“O que eu posso dizer é que a gente pensa grande. Obviamente que não existe um substituto do mesmo nível, a não ser que fosse o Haaland ou o Lewandowski, que são goleadores mundiais como ele. Mas a gente pensa grande e olha o mercado. Não quer dizer que vamos contratar logo no dia seguinte da saída do Suárez”, disse Guerra.

“Tem vezes que é questão de oportunidade, de condições de financeiras, do jogador acreditar no projeto. Por isso que eu agradeci ao Suárez, por ele ter acreditado no Grêmio. O recado é que a gente pensa grande, olhamos o mercado nesse nível e quando surgir a oportunidade vamos trazer atletas dessa magnitude”, acrescentou o presidente do Grêmio.

Grêmio conta com a ajuda de Celso Rigo

Assim como já aconteceu com outros jogadores, como o próprio Suárez, o empresário e investidor gremista Celso Rigo se mantém à disposição da direção do clube para ajudar em novas contratações. Em 2023, ele também participou das vindas do volante Felipe Carballo e do meia-atacante Franco Cristaldo.

“Em primeiro lugar, temos que considerar o mérito do presidente e da sua direção, que foram eles que trouxeram o Suárez. Eu sou um dos participantes, dando aquele apoio como a gente sempre deu. Mas os protagonistas são eles. E, sempre que chamado pelo clube, estaremos juntos como sempre estivemos. É sempre um prazer ajudar e eu confio muito na capacidade do presidente Guerra, do Antônio Brum, para montar o time que nós precisamos”, declarou Rigo há algumas semanas.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)