Postura do Grêmio após a partida de sábado chama a atenção do Inter: “Não é várzea”

Direção gremista está insatisfeita com a arbitragem do Gauchão de 2024

Publicidade

O Inter reagiu praticamente de forma imediata às reclamações do Grêmio, que, no sábado, voltou a se dizer prejudicado pela arbitragem ao longo do atual Gauchão. Para o colorado, está claro que os homens do futebol gremista estão agindo nos microfones visando um possível “condicionamento” dos árbitros – há a possibilidade de mais dois Gre-Nais na decisão do campeonato.

No sábado, no Estádio Centenário, em Caxias do Sul, o Grêmio venceu o Caxias por 2×1 e largou bem na ida da semifinal do campeonato. Mas, mesmo com a vitória, o clube protestou contra a arbitragem de Roger Goulart e o técnico Renato Portaluppi chegou a dizer que o seu time era o único grande prejudicado no estadual.

“O Inter exige que todos fiquem atentos. Porque campeonatos se decidem dentro de campo, em jogos importantes. A gente manifesta repúdio a essa manifestação (do Grêmio). As instituições do futebol gaúcho precisam estar todas atentas. É inadmissível que a cada rodada se acompanha reclamações da arbitragem, sobre o campeonato, e as coisas continuam como se nada tivesse acontecido. Não é várzea”, declarou o presidente colorado Alessandro Barcellos, neste domingo, em declaração recuperada por GZH.

“TJD precisa tomar providências. A cada rodada se repete. Nós reclamamos da arbitragem, mas isso está sendo banalizado com o discurso de “todos contra um”. Fiquem atentos porque o Gauchão se decide no campo”, ampliou o mandatário.

Barcellos é o presidente do Inter
Barcellos reagiu em nome do Inter à postura do Grêmio – Foto: Reprodução/YouTube

Gre-Nal teve polêmica

Com arbitragem de Anderson Daronco, o Gre-Nal da primeira fase do Gauchão teve polêmicas e muitas reclamações por parte do time que saiu derrotado, o Grêmio, que levou a virada de 3×2 no Beira-Rio. Dias depois do jogo, a direção gremista preparou uma reclamação formal para enviar à Federação Gaúcha de Futebol manifestando a sua irritação com decisões tomadas em campo.

“Eu quero deixar bem claro para a torcida do Grêmio que não vão nos tirar o Gauchão na mão grande. Não vão tirar. Talvez não seja interessante um hepta do Grêmio, depois do Novo Hamburgo ter vencido antes dos nossos seis títulos e o Inter há tanto tempo sem ser campeão. O que aconteceu no Gre-Nal foi um escândalo. Eu nunca presenciei uma arbitragem com tantos problemas em um jogo só e isso ligou um alerta. O que aconteceu nos deixou de olhos arregalados. Na mão grande, não vão tirar. Podemos perder o Gauchão em campo, não fora”, disparou o vice de futebol Antônio Brum depois de uma vitória do Grêmio sobre o Guarany de Bagé, na Arena.

O que disse Renato após Caxias 1×2 Grêmio

Logo depois do triunfo de sábado, Renato até elogiou o árbitro que apitou o duelo contra o Caxias, mas não deixou de expressar a sua preocupação com os fatos envolvendo o campeonato:

“Eu não vou falar de arbitragem, quando eu falo parece que eu só reclamo de arbitragem. Eu considero ele um bom árbitro, mas todo mundo viu. O lance do gol do Caxias, vocês viram. E o VAR chamou. A gente poderia ter saído com uma vantagem maior. Dos grandes, o Grêmio é o único que está sendo prejudicado pela arbitragem. Por enquanto eu estou calado, é assunto do presidente, mas tem mais um jogo pela frente e se a gente passar pra final, aí a gente vai ver”, declarou Renato.

LEIA MAIS:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas