Por que Renato citou Guardiola em sua última coletiva de imprensa antes de sair de férias

Técnico do Grêmio espera mais investimentos no futebol para poder brigar por títulos

Publicidade

O técnico Renato Portaluppi saiu de férias na noite da última quarta-feira ainda sem ter a definição se vai ou não seguir no Grêmio. Da parte da direção, o desejo é de sua permanência e as tratativas visando 2024 já começaram. Em paralelo, há a vontade do treinador de que mais investimentos sejam feitos no futebol, até para que o grupo tenha mais chances de brigar por títulos.

Neste sentido, Renato citou até mesmo o badalado treinador espanhol Pep Guardiola, do Manchester City, em sua coletiva de imprensa depois da vitória fora de casa diante do Fluminense. Na visão do comandante gremista, nem mesmo Guardiola “daria jeito” em conseguir fazer grupos baratos se sagrarem campeões no Brasil.

“Tem que ver direito o ano que vem se quisermos disputar títulos. Entendemos a situação do clube, não tem dinheiro para investir. Mas aí tem que parar e pensar onde o clube quer chegar. É muito fácil montar um grupo barato e todo mundo querer que o Grêmio seja campeão. Aí nem se trazer o Guardiola, nem ele vai dar jeito. Na hora do vamo ver, a qualidade faz a diferença”, comentou Portaluppi, em declaração recuperada pelo portal Globoesporte.com.

A tendência é que o Grêmio promova mais investimentos no futebol por uma série de motivos: o maior lucro pela participação na Libertadores, a aprovação do aumento da folha salarial para mais R$ 4 milhões pelo Conselho de Administração e a saída de Suárez, que gera um fôlego no pagamento e “obriga” o clube a se reforçar.

Renato pelo Grêmio
Renato em ação pelo Grêmio em 2023 – Foto: Divulgação/Grêmio

Renato quer seguir olhando para a base

Ainda que aguarde novas contratações de nomes de mais “peso”, Renato também promete seguir dando uma atenção especial aos jovens da base do clube. Nomes como Cuiabano, Gustavo Martins e Nathan Fernandes, entre outros, devem seguir recebendo chances no time de cima em 2024 em caso de permanência do atual treinador.

“Estou de olho em dois ou três jogadores das categorias de base. Agora tem a Copa São Paulo para observar esses jogadores. Eu sempre dei atenção para a base. Gosto de lapidar os garotos. Mas quem dá as respostas são os próprios jogadores”, afirmou Renato, em recente entrevista ao GZH.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)