Para Renato, ano do Grêmio será “excelente” mesmo se não vier a vaga na Libertadores

Treinador alega que os profissionais do clube fizeram "milagre" em 2023

Mesmo após a derrota de 2×1 de virada para o Athletico, na Arena, o técnico Renato Portaluppi defendeu com unhas e dentes o ano do Grêmio até agora. Em coletiva de imprensa depois do terceiro tropeço seguido no Brasileirão, o comandante afirmou que a temporada seguirá sendo “excelente” mesmo em caso de perda de vaga na Libertadores.

“Sim. Muito bom. Só que o Grêmio estar na parte de cima da tabela incomoda algumas pessoas. Ninguém quer saber que o Grêmio reduziu em 4 milhões a folha de pagamento. Tem vezes que você contrata jogador ganhando 600 mil, 700 mil, ele vai entregar muito mais. No momento que você reduz a folha, que era a solução para o clube naquele momento, você traz jogadores mais baratos. A vida é assim. Tem treinador que nem quer saber de jogador de base, ele só manda trazer os melhores. Aí fica fácil”, disse Renato, antes de ampliar:

Veja também:
1 De 6.087

“Peço até desculpas para o nosso torcedor, mas é a realidade. Nós fizemos milagre esse ano. Vai por mim, que só quem está aqui dentro sabe dos problemas todos. Ganhamos o Gauchão e não estamos brigando contra o rebaixamento. Enquanto tivermos chances, vamos brigar pelo título”.

Outras falas de Renato após Grêmio 1×2 Athletico:

Ausência na coletiva depois do Gre-Nal

A única desculpa que eu tenho que pedir sobre isso é para a torcida do Grêmio. E eu te pergunto: antes de me massacrarem e me julgarem, alguém quis saber da minha versão? Ninguém. O negócio de vocês é fazerem onda. Para o nosso torcedor, eu peço desculpa. No mais, qualquer problema que a gente tem, a gente resolve internamente. Tenho que conversar com o presidente e com a direção. Não tem juiz no mundo que condena ouvindo um lado só. Esse assunto já está morto. Ou querem voltar ao assunto de uma semana atrás? O Guerra é meu irmão de muitos anos. Mas vocês gostam de criar tempestade em copo d’água. E os problemas a gente resolve internamente

Partida contra o Athletico

Não jogamos muito bem, mas merecíamos ter vencido. Estava 1×0 e tivemos duas ou três chances claras. Pecamos sim na marcação e já era previsto. Disseram que o time estava ofensivo. Eu tenho um volante que foi operado, outro está na Seleção e outro no DM. Eu trouxe dois garotos da base, que estão verdes e era um risco de colocar, precisam ser lapidados. O que me restou foi ter uma equipe ofensiva. Era o que eu tinha. Mas ninguém quer saber se eu estavam sem volantes, é mais fácil criticar. O adversário jogou bem, mas o Grêmio também. Falar que o Grêmio não tem padrão… aí fica difícil falar com vocês

Ferreira

O Iturbe e o Besozzi saíram no intervalo pela falta de ritmo de jogo, estavam com dificuldades de voltar na marcação. O Ferreira faz parte do grupo do Grêmio. Troquei um extrema por outro. A gente tenta dar oportunidade para um, para outro. A gente procura o melhor para o clube. Infelizmente, o Ferreira não entrou tão bem assim. Falhar todo mundo falha. Aqui temos um grupo e vamos seguir trabalhando em busca dos resultados

Acesse o canal do nosso WhatsApp e ative o sininho para receber notícias:

Canal WhatsApp - Zona Mista Grêmio
Entre no canal e ative o sininho para receber as notificações

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas