Para Coudet, Inter vem evoluindo a cada partida e está próximo de vencer: “Sustentamos mais”

Treinador argentino do Inter ainda trabalha pela sua primeira vitória no clube em 2023

Ainda não foi desta vez que o técnico argentino Eduardo Coudet saboreou a sua primeira vitória no comando do Inter, mas o comandante demonstrou ter gostado da maior parte do desempenho no empate em 2×2 com o Corinthians, no Beira-Rio, pelo Brasileirão. Para Chacho, o time conseguiu “sustentar” por mais tempo o ritmo de jogo que é do seu agrado.

Coudet ainda lembrou da participação de jogadores que estão voltando de lesão e que, por óbvio, não vinham tendo sequência de atuações: casos do volante Gabriel, do meia Mauricio e do atacante Pedro Henrique:

Veja também:
1 De 6.113

“Participaram jogadores que não vinham tendo sequência. Mauricio, Pedro e Gabriel, que não jogava há dez meses. Vamos seguir melhorando a parte técnica, tática e, sobretudo, física. Sustentamos mais o ritmo de jogo. Temos trabalho por fazer. Não é de um dia para o outro. Sinto que estamos jogando do jeito que quero jogar. Que é ser protagonista, pressionar em cima e gerar situações”, disse Coudet.

Mais falas de Coudet após Inter 2×2 Corinthians:

Finalizações a gol

Futebol não é contar finalizações. Mesmo com a expulsão, fomos buscar e conseguimos um ponto. São coisas distintas. Uma coisa é a Libertadores. Outra é o Brasileirão, ainda mais trocando de time de um dia para o outro. Quero mais finalizações também. Seguramente vamos ter. Temos muitas coisas positivas com os jogadores que não vinham tendo minutagem

Tempo de trabalho e jogo contra o River Plate

Estávamos para ganhar o jogo. Temos de ganhar. Eu sei onde estou e temos de ganhar. Como vamos melhorar? Com trabalho. Preciso de tempo, mas não tenho. Vamos jogar na terça (pela Libertadores). Acho que pode dar certo

Agradecimento aos jogadores do Inter

Eu sou muito agradecido aos jogadores. Pois estamos conseguindo jogar da forma como eu gosto de jogar. Em duas semanas estamos muito perto do que eu gosto. Sim, temos coisas a corrigir, mas ainda sim, estamos perto do que eu quero

Leia mais:

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas