O gesto de Renato para a torcida na época do Olímpico que impressionou um ex-jogador do Grêmio

Lateral-esquerdo Fábio Santos contou a história em recente participação em podcast

Publicidade

O grau de influência e de autoridade de Renato Portaluppi junto à torcida do Grêmio chamou muito a atenção do ex-lateral-esquerdo Fábio Santos, que atuou no clube em 2010 e vivenciou uma situação que até hoje não sai de sua memória. Ele contou com maiores detalhes em recente participação no podcast do ex-jogador Denilson e do jornalista Chico Garcia.

Tudo aconteceu logo no começo da passagem de Renato em 2010, quando, ainda no Olímpico, o time perdia para o Goiás na Copa Sul-Americana. Assim que a torcida começou a vaiar, segundo Fábio, Renato fez ela parar com apenas alguns gestos:

“Teve um jogo nessa época contra o Goiás, pela Sul-Americana, no Olímpico. A gente estava perdendo o jogo e a torcida começou a vaiar. Daqui a pouco o Renato sai do banco e faz o gesto para torcida parar. E eles param na hora. Eu pensei: ‘Nossa senhora, onde estava esse cara?’ (risos). É um cara que quero levar pro resto da vida”, declarou.

Renato “conhece tudo”

Para Fábio Santos, que encerrou a sua carreira em 2023 no Corinthians, se engana quem pensa que Renato é só praia, futevôlei, rachão e zoeira no dia a dia:

“A gente estava na zona do rebaixamento, mas no segundo turno a gente faz 13 ou 14 vitórias para a Libertadores. A gestão de grupo ele faz como poucos. Mas ele tem leitura tática, variação de jogo. Ele conhece tudo no Grêmio e o torcedor dá respaldo. A gente foca no Renato ‘gestor’, mas dentro de campo ele sabe tudo. Você acha que ele não estuda? Não assiste jogo? Conhece tudo! Sempre nos dava muita informação e conhecia todos do time adversário”, finalizou.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul