O calvário de uma ex-promessa do Inter que pode enfrentar o quarto rebaixamento

Publicidade

Por longos anos, dirigentes e membros da imprensa gaúcha entendiam que despontava nas categorias de base do Beira-Rio um grande talento futuro. Mas as temporadas se passaram e a previsão não se confirmou. Aos 24 anos, Andrigo segue seu calvário por equipes de menor expressão e pode ser rebaixado pela quarta vez seguida.

Figura ativa no profissional do Inter de 2015 a 2016, o meia chegou a ser eleito o craque do Gauchão de 2016, quando marcou um golaço no jogo de ida da final contra o Juventude, fora de casa, por 1×0. Foi o último bom momento com a camisa do Inter, pela qual vestiria até a última rodada da fatídica campanha do rebaixamento.

Sem corresponder às expectativas depositadas no seu futebol, Andrigo foi emprestado pelo Inter em 2017 ao Atlético-GO, que também caiu. Em 2018, a queda foi com o Sport Recife.

Agora, o atleta luta para ajudar o Figueirense a se manter na Série B e evitar o quarto rebaixamento pessoal seguido. No momento, o Figueira tem 39 pontos e está momentaneamente livre em 16° faltando duas rodadas – o Londrina, primeiro rebaixado com 36 pontos, está em 17°.

O vínculo do jogador com o Inter vai até o final desse mês de dezembro e não será renovado.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)