Na matemática: Inter tem 10,2% de chance de vaga direta na Libertadores, e Grêmio ainda supera 80% de possibilidade de queda

Cálculos matemáticos seguem agitando as rodadas decisivas do Brasileirão e mexendo com as torcidas

Após a conclusão de mais uma rodada do Brasileirão, os cálculos matemáticos para a reta final vão agitando as torcidas e mexendo com os clubes, cada um deles com seus objetivos específicos nas partidas decisivas. O Inter, por exemplo, ficou mais distante de obter a vaga direta à Libertadores após as derrotas recentes para Cuiabá e Flamengo.

O estudo que aponta as probabilidades abaixo é do Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que vê o Inter, atual 8° colocado com 47 pontos, com apenas 10,2% de chances de ir para a fase de grupos da próxima Libertadores. Nesta briga, o Corinthians tem 94,7%, o Fortaleza tem 89,3%, o Bragantino tem 75,7% e o Fluminense tem 23,1%.

No domingo, o Flu venceu o América-MG em casa pelo placar de 2×0 e agora tem confronto direto, também no Rio de Janeiro, contra o Inter. O jogo será na quarta-feira às 21h30.

Grêmio diminui chance de queda, que ainda é alta

Depois de chegar a mais de 90% na semana passada, o Grêmio, após vencer Bragantino e Chapecoense, reduziu as chances de rebaixamento segundo a UFMG. Mas elas ainda são altas e estão, neste momento, na casa dos 83,1%. O tricolor é o 18° colocado com 35 pontos, com quatro a menos que o primeiro time fora do Z4 e recebe o Flamengo, nesta terça, às 21h.

Nos demais concorrentes, a Chapecoense já está rebaixada e o Sport, vice-lanterna, aparece com 98,3% de probabilidade de queda. O Bahia, 17° com 37 pontos, tem 44,1% de chances de cair, enquanto o Juventude, 16° com 39 pts, tem 31,5% de chances. Já o Atlético-GO, 15° com 40 pontos, tem 16% de chance de ser rebaixado.

Receba as notícias do Inter em primeira mão: