Moisés nega ser um dos líderes do elenco e evita ampliar polêmica com Renato: “Vocês conhecem bem ele”

Lateral-esquerdo titular do Inter concedeu entrevista coletiva virtual na tarde desta sexta-feira

Publicidade

Titular absoluto sob comando do técnico Abel Braga e vivendo um momento interessante dentro de campo, o lateral-esquerdo Moisés concedeu coletiva de imprensa nesta sexta-feira e negou ser um dos líderes do grupo, apesar dos momentos de protagonismo nas rodas de vestiário e motivações pré-jogo.

Ele passou o rótulo de “líder” a outros atletas mais experientes e que estão há mais tempo no Beira-Rio:

“Sei que viralizaram nas redes sociais minhas falas, mas eu não me considero um líder do grupo. Estou há pouco tempo. Temos o Dourado, Lomba, Cuesta, Patrick… tem gente a mais tempo. No vestiário é um momento nosso que tento passar motivação para os meus companheiros”, comentou.

A coletiva de Moisés foi no dia seguinte à derrota do Grêmio por 4×2 para o Flamengo, na Arena, em jogo que ficou marcado pela forte coletiva do técnico gremista Renato Portaluppi. Na sua fala, o treinador disse coisas como “jamais irei ajudar o Inter” e que “os colorados estão há muito tempo na fila”. Ainda assim, o lateral-esquerdo esfriou o tema:

“O Gre-Nal já passou. Nós vencemos o jogo. Buscamos um resultado importante. Quanto ao Renato, vocês conhecem bem ele e ele pode falar o que quiser. Estamos focados no Bragantino e isso não vai mudar”, acrescentou o canhoto.

Com Moisés, o Inter tenta a nona vitória seguida no Brasileirão no domingo, 18h15, diante do Bragantino, no Beira-Rio. Neste momento, o colorado é líder com 62 pontos, com quatro a mais que o Flamengo.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)