Publicidade

Mercado vê Inter maduro na disputa das fases decisivas da Libertadores: “Grupo entendeu”

Zagueiro atuou ao lado de Hugo Mallo na vitória de 2x0 diante do Bolívar

Publicidade

Impecável no sistema defensivo nos dois jogos contra o Bolívar, o Inter despachou o time boliviano sem tomar gols tanto em casa como fora e contou com a liderança de Gabriel Mercado na organização da defesa. Para o argentino, que teve a companhia de Hugo Mallo na zaga nesta terça-feira, o elenco mostra cada vez mais que está “entendendo” como se joga a Libertadores.

Neste sentido, Mercado parou ainda na saída do gramado para dar algumas declarações à assessoria de imprensa do Inter, que registrou o vídeo no Twitter oficial do clube:

“Sabíamos que ia ser um jogo difícil como foi lá, mas agradeço a todo grupo pelo esforço. Demos mais um passo e agora é brigar na semifinal para chegar ao sonho de jogar a final da Libertadores. Eu acho que o grupo entendeu como tem que jogar a Libertadores. Fizemos um jogo inteligente em La Paz e saímos sem tomar gols. Aqui também sabíamos que não ia ser fácil. O Bolívar é uma equipe que sabe jogar, mas demos nosso máximo para sair com a classificação”, disse o zagueiro.

https://twitter.com/SCInternacional/status/1696701771568267528

Publicidade

Pela frente, o Inter tem o Goiás no sábado, às 16h, fora de casa, pelo Brasileirão, onde não vence há 9 jogos e é o 14° com 25 pontos. Antes, na quinta, ficará conhecendo o seu rival na Libertadores do duelo entre Olimpia x Fluminense – na ida, os cariocas venceram em casa por 2×0 e garantiram boa vantagem. Na semi, o time gaúcho só decidirá o segundo jogo em casa se o embate for contra o Flu.

Além de Mercado, confira a fala de outros jogadores do Inter:

Wanderson:A gente tem focado jogo após jogo. Encarando cada um como uma final. Não temos preferência. Para chegar longe, teríamos que enfrentar vários adversários. Tiramos o River, depois o Bolívar na altitude em que tivemos um momento difícil, mas conseguimos a vantagem. Não tenho escolha de adversário. Cada jogo será uma final e com a experiência que temos dentro do grupo poderemos chegar longe

Publicidade

Sergio Rochet:Conseguimos fazer a festa do jeito que queríamos. Fizemos um bom resultado lá na Bolívia e hoje somente fizemos o nosso jogo. Temos que melhorar no Brasileirão ainda. Hoje ainda vamos festejar, mas amanhã já vamos virar a chave para o Brasileirão e focar em ter um desempenho tão bom quanto na Libertadores

Bruno Henrique:Libertadores é um campeonato muito difícil. Fazia muito tempo que o Inter não chegava numa semifinal e acho que isso é importante. O Inter é muito grande e é para isso que a gente está aqui. Para buscarmos grande jogos. Estou bem contente, feliz, estava parado e de férias antes de vir ao Inter, mas fiz a preparação junto com a comissão. O staff é muito bom e me deu todo suporte para voltar o mais rápido possível. Estou trabalhando muito sério todos os dias para ajudar a equipe da melhor forma possível

Leia mais:

Siga o Zona Mista nas redes sociais: TwitterInstagramFacebook e YouTube. Google News do Zona Mista (zonamista.com.br)

loading...

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas