Melo explica interesse em Claudinho e responde Barcellos sobre “quebrar” o Inter: “Não revelou ninguém”

Clima segue quente entre os dois candidatos à presidência do Inter

Publicidade

Embora admita se tratar de uma “negociação difícil”, o candidato à presidência do Inter, Roberto Melo, confirmou que tem interesse em repatriar Claudinho, meia-atacante do Zenit, da Rússia. Em entrevista ao jornalista Fabiano Baldasso, o antigo vice de futebol da gestão de Marcelo Medeiros indicou que um dos caminhos para ter um jogador desse porte seria fazendo uma troca de atletas com o clube russo para reduzir o valor de compra, como o Corinthians fez recentemente para ter Yuri Alberto.

“É uma negociação difícil, com valor alto, mas existem diversas maneiras de tu repatriar um jogador. Tu tem que ser criativo. Os russos muitas vezes querem receber um jovem jogador. O problema é que o Inter, nesses três anos, não revelou ninguém. Descobrir jogador no mercado, ser agressivo e trazer, tu consegue eventualmente fazer uma troca. Yuri Alberto no Corinthians foi assim, com jogadores indo para lá. Evidente que teria fazer uma composição e o Inter não tem condições de pagar 25 milhões de euros”, disse Melo.

Na quarta-feira, em coletiva, o atual presidente e rival de Melo nas eleições, Alessandro Barcellos, acusou o seu oponente de correr o risco de “quebrar o clube” se tentar fazer a compra de Claudinho. E o candidato da oposição rebateu:

“O que que eu acabei de dizer? Que o Internacional é muito grande e precisa pensar grande. Para mim, tu quebra o clube quando fica três anos sem revelar ninguém. Isso vai bem ao encontro do que ele tem feito, que é apequenar o nosso clube. O que quebra é ficar sem formar jogador. Isso quebra o clube. Ou quando tu contrata jogador que vai custar mais de R$ 40 milhões para o clube e no ano seguinte está emprestado. O Barcellos não fala com o torcedor, com o sócio, mas eles não aguentam mais esse conformismo”, finalizou Melo.

Melo anuncia Abel e faz proposta por Gabigol

Ao longo da quarta-feira, Melo anunciou oficialmente que o ex-treinador Abel Braga será o diretor técnico do Inter em caso de vitória da sua candidatura nas eleições. Mais tarde, ele não negou a informação de ter apresentado uma proposta para contratar o centroavante Gabigol, do Flamengo – entenda detalhes aqui.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)