Magrão diz que só ficará tranquilo quando Inter buscar título de expressão: “Nosso desafio”

Diretor esportivo do clube está completando exatamente um ano no cargo

Publicidade

Completando um ano de sua volta ao Inter, dessa vez em cargo de gestão do clube sendo atualmente o diretor esportivo, Magrão promete não “ficar tranquilo” enquanto um título de expressão não for conquistado. O ex-volante tem livre trânsito no vestiário, sendo um elo entre elenco e direção, além de também participar da busca por contratações.

“Entrego para a diretoria e para o presidente se tem o perfil de jogar no Inter. Nosso desafio foi trazer um grupo maduro e competitivo, um grupo que faça o Inter ganhar. Enquanto eu não ganhar um título de expressão no Inter, eu não vou estar tranquilo”, disse Magrão, ao site GZH, antes de acrescentar:

Veja também:
1 De 5.995

“Eu tento ser um facilitador entre os setores do Inter. Trabalhamos em harmonia aqui. Tomamos decisões no momento correto. Às vezes levamos críticas, mas fazemos o que achamos que tem que ser feito. Tenho a minha maneira de ser, minha opinião formada, mas vou dar espaço a qualquer funcionário para que ele me mostre o contrário”.

Magrão conta história de arrepiar

Nesta entrevista, Magrão ainda contou uma emocionante história de uma senhora que ele ajudou a salvar em meio às enchentes de Porto Alegre e do Rio Grande do Sul: “Eu carreguei uma senhora de 89 anos. O filho dela perguntou pra ela se sabia quem eu era, ela confirmou e me perguntou: ‘Vem título esse ano?’, lembrou.

Depois de perder de 2×1 para o Belgrano na terça-feira e se complicar na Sul-Americana, o Inter volta a campo neste sábado a partir das 18h30, fora de casa, contra o Cuiabá, no seu retorno ao Brasileirão.

MAIS NOTÍCIAS:

Canal WhatsApp - Zona Mista Inter

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas