Mãe de Robert Renan chorou de emoção pela recepção feita por torcedores do Inter no aeroporto

Zagueiro recebeu muito carinho da torcida ao desembarcar no último domingo

Publicidade

No final da noite do último domingo, torcedores do Inter se juntaram no Aeroporto Salgado Filho para dar uma recepção de luxo ao jovem zagueiro Robert Renan, de 20 anos, que chegou emprestado por uma temporada em acerto com o Zenit, da Rússia. O jogador afirmou ter ficado “arrepiado” pela festa (veja vídeos aqui) e que sua mãe chegou a chorar de emoção:

“Eu não esperava que iria ser assim. Quando eu vi a torcida cantando o meu nome, eu comecei a me arrepiar. Foi muito bom. Minha mãe até chorou. Minha família estava lá comigo. Eu vou procurar dar muito retorno para esse clube. Quero fazer uma grande campanha e acredito que vou evoluir muito com os atletas que estão aqui”, disse o jovem, que é cria da base do Corinthians, em entrevista à TV Inter.

Recentemente, Robert Renan foi “desconvocado” da Seleção Pré-Olímpica e poderá defender o Inter desde o começo do Gauchão, fazendo toda a pré-temporada pelo clube. Nesta terça, ele ganhou a camisa 4 e concedeu a sua primeira coletiva – veja algumas falas abaixo.

Um resumo da coletiva de apresentação de Robert Renan:

Eduardo Coudet e Gabriel Mercado

Acredito que o Coudet gosta muito do meu estilo. Tenho certeza que vou me dar bem com ele e com o grupo. Tenho características na saída de bola. Posso ajudar a equipe, espero manter o ritmo e sempre continuar focado. Vou aprender muito com o Mercado. Acredito que seja um grande ano e qualquer zagueiro nosso que jogar, tenho certeza que fará um grande jogo

Conversa com Vitão e Matheus e palavrão ao elogiar o elenco do Inter

Eu falei com o Vitão e com o Matheus Dias. Que são os meninos mais novos. Eles sempre elogiaram o grupo e falaram que o grupo era f… (risos). Desculpa. Mas acredito que é isso

Passagem pela base do Inter

Sempre falo: todo jovem de periferia, que busca algo melhor, não desiste. Fui reprovado nessa passagem (pela base do Inter). Hoje estou muito feliz por essa oportunidade, desde a primeira passagem gostei muito do clube

Voltar ao Brasil

Está sendo uma experiência incrível. Maioria da imprensa fala que é retrocesso (retornar ao futebol brasileiro), mas eu não acho. Aqui no Brasil tem grandes craques, tem que respeitar o Brasil. Aprendi bastante no Zenit, com o grupo. Teve um momento que fiquei mal e fui caindo o nível. Aprendi e não vou repetir esses erros, aqui no Inter vai dar muito certo

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)