fbpx

Lucas Leiva revela desejo de encerrar a carreira no Grêmio: “Identificação enorme”

Aos 32 anos, Lucas Leiva ainda se vê na Europa durante algum tempo, pelo menos até cumprir o seu contrato com a Lazio, da Itália, até 2022. Mas o Grêmio segue em seu horizonte. Em entrevista concedida ao UOL Esporte, o atleta voltou a destacar a vontade de voltar ao clube gaúcho.

Foi no antigo Olímpico, em Porto Alegre, que o volante deu os seus primeiros passos como profissional e fez parte do título da Série B de 2005, do bicampeonato gaúcho entre 2006 e 2007 e do vice da Libertadores de 2007, quando, depois disso, foi vendido ao Liverpool, onde ficou 10 anos.

“Sim, é algo que tenho vontade. O Grêmio é um time pelo qual tenho uma identificação enorme, passei grandes momentos lá, tenho um carinho pela cidade, pela torcida, que sempre me tratou muito bem, então é algo que passa, sim, pela minha cabeça. Agora, isso não depende só de mim, não depende somente do Grêmio, depende de vários fatores que vão fazer com que isso se realize”, disse o jogador, antes de completar:

“Mas, neste momento, é como eu disse. Não estou pensando muito no futuro, mas é algo que tenho em mente, realmente, e, quem sabe lá na frente eu venha novamente a jogar com a camisa do Grêmio. Espero que isso venha a acontecer”, concluiu.

Ainda em 2017, quando o jogador já estava em vias de deixar o Liverpool, a direção do Grêmio chegou a estabelecer contato com os seus representantes. No entanto, os altos valores envolvidos prejudicaram o possível negócio.

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas