Lençol e domínio perfeito: o show de D’Alessandro contra o Nacional

Publicidade

No seu jogo de número 454 com a camisa do Inter, um dia depois de ter completado 11 anos desde a chegada ao clube em 2008, D’Alessandro… foi D’Alessandro. Inspirado, o camisa 10 mostrou a velha habilidade de sempre e foi um dos grandes nomes da vitória colorada por 2×0 sobre o Nacional, no Beira-Rio, que garantiu a vaga às quartas de final da Libertadores.

Um dos seus momentos de maior brilhantismo foi no segundo tempo. Vigiado por dois marcadores, ele recebeu um toque de cabeça de Nonato e se livrou dos rivais com um lindo lençol até sofrer a falta:

O domínio de bola, mais do que nunca, está em dia. Ao receber um lançamento de Rafael Sobis do flanco esquerdo para o direito, o argentino matou a “redonda” com uma tranquilidade incrível:

Apesar de ter passado perto em uma finalização de esquerda no segundo tempo, D’Ale acabou não comparecendo às redes na vitória sobre os uruguaios. Mas foi dele o cruzamento para o gol de Moledo, que abriu a vitória antes de ser completada por Guerrero. Ovacionado, o camisa 10 deixou a partida antes do fim para a entrada de Wellington Silva.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)