Juventude se espelha no duelo contra o Inter para projetar título dentro da Arena do Grêmio

Lateral-esquerdo Alan Ruschel lembrou a semelhança dos dois confrontos

Publicidade

Apesar de não ter obtido vantagem jogando em casa, o Juventude mantém as esperanças em título gaúcho diante do Grêmio, cuja finalíssima será na Arena, sábado que vem, às 16h30. O cenário para o Ju se repete igual a semifinal, quando também ficou no 0x0 em casa com o Inter e depois foi buscar a classificação nas penalidades máximas dentro do Beira-Rio.

O lateral-esquerdo do Juventude, Alan Ruschel, lembrou exatamente desta comparação ao falar do empate em casa com o Grêmio. Ele também valorizou o fato de o time, mais uma vez, ter passado um jogo inteiro sem ser vazado na defesa:

“Cada jogo é um jogo diferente. A gente também estava com resultado aqui com o Inter de 0 a 0 e chegou lá e conseguiu a classificação. É um jogo diferente, a gente não tomou gol. É um fato importante e a gente vai para lá agora em busca da nossa vitória. De qualquer situação a gente joga pra vencer o jogo, em nenhum momento a gente vai jogar para empatar”, argumentou.

O regulamento do campeonato não apresenta o saldo qualificado, ou seja, um novo empate no jogo de sábado em Porto Alegre – com ou sem gols – levará tudo para os pênaltis.

Algumas falas do técnico do Juventude, Roger Machado, em coletiva

DISPUTA ABERTA

A disputa está completamente aberta, assim como foi na fase anterior. Se tivesse que ter um vencedor, levemente a tendência seria pra nós, pois tivemos as melhores chances. Decisão é assim. Vamos a Porto Alegre em busca desta nova oportunidade de vencer a competição

CARACTERÍSTICAS DO GRÊMIO

O Grêmio não é um time de controle pela posse. Transita muito em contra-ataques a partir de bolas roubadas no meio. Precisávamos controlar as transições. E trabalhamos muito a compactação ofensiva. Assim que terminássemos as jogadas, já tínhamos que prestar atenção no próximo momento. Conseguimos interromper algumas jogadas características do adversário

CAÍQUE, GOLEIRO DO GRÊMIO, MELHOR EM CAMPO, NA VISÃO DE ROGER

Eu fico satisfeito por termos produzido no mesmo nível. Ter feito gol é a circunstância do jogo. Mas, pra mim, o goleiro gremista foi o melhor em campo. Mérito deles. Mérito de quem tem um grande goleiro, faz parte. Mas falei para os atletas que fizemos um jogo do mesmo nível dos últimos cinco que fizemos. Isso nos dá otimismo para a semana que vem. Esse grupo já provou que cresce nas adversidades

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul