Jornalista revela novos detalhes da eleição presidencial do Inter e possível reeleição de Barcellos

Inter, que luta pelo tri da Libertadores, terá uma eleição presidencial no fim do ano

Publicidade

Ainda focado nos seus assuntos de dentro de campo, o Inter em breve viverá o calendário eleitoral com eleições presidenciais no final do ano, com tendência de nova candidatura do atual mandatário Alessandro Barcellos. Segundo o jornalista Cristiano Silva, da Rádio Guaíba, alianças já estão sendo costuradas visando o novo pleito.

Uma delas aponta que o movimento “Povo do Clube” está abrindo mão de uma candidatura própria, que seria de José Amarante, para dar apoio a Barcellos. Assim, o atual presidente se garante no “pátio” para a disputa do voto do sócio, passando pelo Conselho.

Veja também:
1 De 5.995

“Reunião do @povodoclube define apoio a @BarcellosSCI para reeleição. José Amarante está abrindo mão de concorrer à presidência e, em troca, vai ganhar apoio para a eleição à presidência do CD no ano que vem. Assim Barcellos garante ida para o pátio”, afirmou o repórter.

Barcellos evita falar das eleições do Inter

Em suas últimas manifestações, como a abaixo em recente entrevista ao site GZH, Barcellos, que dirige o Inter desde janeiro de 2021, tem evitado falar abertamente das eleições e de sua nova candidatura:

“Eu tenho evitado falar de política porque é um assunto que desvia o foco daquilo que é o mais importante neste momento. Existe um calendário eleitoral, mas deve ser deixado de lado no momento. Nossa prioridade é melhorar no Brasileirão e a caminhada na Libertadores. O calendário do clube existe, será respeitado e as coisas irão encaminhar”, comentou, na ocasião.

Nenhum nome foi confirmado até o momento, mas a tendência é que Barcellos tente a reeleição e tenha Roberto Melo, ex-vice de futebol da gestão Marcelo Medeiros, como principal rival. Melo concorreria pelo Movimento Inter Grande (MIG), que liderou o Inter na maior parte do tempo nas últimas duas décadas.

A votação obedece duas etapas: em um primeiro momento, apenas conselheiros votam e, depois, as duas chapas que ultrapassarem a cláusula de barreira como as mais votadas vão ao “pátio”, buscando o voto do sócio.

Sócios do Inter votam

Assim como fez na eleição de 2020, vencida por Barcellos, o Inter deverá soltar uma lista de sócios que estarão aptos a votar nas eleições. Normalmente, são os associados que estão com suas mensalidades em dias até a data da divulgação da nominata.

Canal WhatsApp - Zona Mista Inter

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas