Inter reclama de pênalti não dado em Bustos e protesta nas redes sociais: “É assustador”

Torcida e jogadores do Inter protestaram em lance em Bustos na grande área

Publicidade

Precisando reverter a vantagem de 2×1 do River Plate pelas oitavas da Libertadores, o Inter bem que tentou chegar ao gol no primeiro tempo desta terça-feira no Beira-Rio, mas não conseguiu tirar o zero do placar. E se sentiu prejudicado pela arbitragem, que não deu penalidade máxima em lance do lateral-direito Fabricio Bustos na grande área.

Na jogada, Bustos recebe livre pelo flanco direito e investe em uma jogada individual, mas, ao tocar na frente, cai ao receber contato do atleta adversário. O árbitro Andrés Matonte manda o jogo seguir e o VAR não recomenda a revisão.

Veja também:
1 De 6.003

“No Twitter, o Inter, através do seu perfil oficial, fez algumas mensagens de protesto. Na principal delas, escreveu o seguinte aos seus fãs: É assustador. O @FabriBustosOK foi CALÇADO e tanto o homem quanto o VAR mandaram seguir”.

Coudet mudou o time do Inter

Em relação ao time que vinha jogando as últimas partidas, o técnico Eduardo Coudet retirou Carlos De Pena e entrou com Mauricio entre os 11 iniciais. A escalação que iniciou teve: Rochet; Bustos, Vitão, Mercado, Renê; Johnny, Aránguiz, Mauricio e Alan Patrick; Wanderson e Enner Valencia. RESERVAS – John, Igor Gomes, Nico Hernández, Gabriel, Bruno Henrique, Matheus Dias, Carlos De Pena, Pedro Henrique, Jean Dias, Lucca, Gabriel Barros e Luiz Adriano.

Leia mais:

Canal WhatsApp - Zona Mista Inter

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas