Em nota oficial, Inter reclama de “falta de critério” e promete tomar atitude contra a arbitragem

Equipe colorada se sentiu prejudicada na derrota de 4x3 em casa para o Coritiba

O Inter formalizou uma reclamação à arbitragem da derrota para o Coritiba e divulgou nas redes sociais uma série de críticas à atuação do árbitro Andre Luiz Policarpo Bento e ao responsável pelo VAR, José Claudio Rocha Filho. Depois de duas vitórias seguidas, o tropeço por 4×3 em casa praticamente deixou o colorado sem chances de se classificar à próxima Libertadores.

Na nota oficial, a direção do Inter ainda informa que apresentará junto à CBF uma “representação” contra o juiz de campo e o árbitro do VAR na derrota para o Coritiba e que solicitará os áudios do VAR. Confira a íntegra da manifestação colorada:

Veja também:
1 De 6.099

Diante da falta de critério apresentada pela arbitragem deste domingo, o Internacional informa que apresentará uma representação contra o árbitro Andre Luiz Policarpo Bento e o VAR José Claudio Rocha Filho. Além disso, o Clube solicitará os áudios do confronto. O árbitro, que realizou três demoradas idas ao VAR, apresentou 13 cartões em uma partida que contou com 28 faltas, resultando em uma média próxima a um cartão a cada duas infrações.

No jogo, Johnny foi advertido com amarelo em um lance de falta inexistente, Mauricio levou o cartão por reclamar da arbitragem ruim e confusa e Pedro Henrique foi advertido mesmo entrando em campo após autorização do quarto árbitro Lucas Rechatiko Horn. O Clube também entende que Matheus Bianqui deveria ter sido expulso após cometer dura falta em Charles Aránguiz minutos antes de marcar o segundo gol do Coritiba.

Por fim, o primeiro pênalti para a equipe visitante foi assinalado em jogada extremamente confusa, visto que o auxiliar número dois, Leonardo Henrique Pereira, já havia levantando a bandeira, indicando a paralisação do lance antes de a falta ser cometida. O Inter reforça que já se posicionou em outras oportunidades e sempre teve o mesmo retorno, não alterando o baixo nível apresentado pela arbitragem no Brasileirão de 2023.

A nota do Inter:

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas