Inter hoje: saída de preparador físico e “cobrança” por 30 mil pessoas a cada jogo em casa

Saiba mais detalhes envolvendo o agitado dia do Inter nesta segunda-feira

No mesmo dia da reapresentação oficial dos jogadores para a temporada de 2024, o Inter confirmou a saída do preparador físico Flávio de Oliveira, que havia chegado ao clube em 2022 e saído no fim do mesmo ano para trabalhar no Corinthians. Ele retornou no meio da temporada passada e agora deixa o Beira-Rio de forma definitiva, segundo nota oficial.

“O Sport Club Internacional comunica a saída do preparador físico Flávio de Oliveira. O término do contrato ocorre por um pedido pessoal do profissional, para estar mais próximo da família, no estado de São Paulo. Foi a segunda passagem de Flávio pelo clube. Ele esteve no grupo principal durante o segundo semestre da temporada 2023. O clube agradece pelos serviços prestados e deseja sorte e sucesso na sequência de sua carreira”, diz nota do clube.

Veja também:
1 De 6.127

A comissão técnica do Inter, liderada por Eduardo Coudet, segue contando com os preparadores físicos Octavio Manera e Guido Cretari, além do auxiliar de preparação da casa, João Goulart.

Inter quer Beira-Rio cheio

Um dos grandes desejos da direção colorada é ter o Beira-Rio cada vez mais lotado de torcedores em 2024. Priorizando o Brasileirão, o clube quer média de 30 mil pessoas a cada jogo como forma de deixar o time mais perto das vitórias:

“Agora daremos continuidade em busca do objetivo, que é sermos campeões. Esta sala está lotada, algo que não acontecia há algum tempo. Mostra a conexão que dá certo, que estamos no caminho. Nos levará aos resultados. Que tenhamos um grande ano de 2024. De muitas vitórias. Vamos fazer 38 grandes finais (no Brasileiro), não vamos aceitar menos de 30 mil pessoas no Beira-Rio”, comentou.

Em termos de reforços oficiais, o Inter já anunciou o goleiro Ivan, o zagueiro Robert Renan, o meia Hyoran e o centroavante Lucas Alario. O volante Fernando deve ser o próximo anúncio, enquanto o atacante Rafael Borré também segue em negociações.

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas