Inter destaca retrospecto positivo de Aránguiz jogando Gre-Nais: “Entende o peso”

Volante chileno entrou no segundo tempo da vitória de sábado fora de casa

De volta ao Inter desde o meio do ano passado, o volante Charles Aránguiz tem conseguido manter o bom retrospecto em Gre-Nais que já tinha na sua primeira passagem pelo clube, entre 2014 e 2015, antes de ir ao futebol alemão. No sábado, ele entrou no segundo tempo e ajudou o colorado a vencer por 1×0 no Couto Pereira com gol contra de Gustavo Martins.

A boa atuação de Aránguiz em mais um clássico fez o Inter publicar, nas redes sociais, um levantamento do seu desempenho em Gre-Nais. Segundo o clube, são 10 jogos, com 7 vitórias, 2 empates, 1 derrota, ou seja, 76,6% de aproveitamento.

Veja também:
1 De 6.102

“O príncipe faz parte de um elenco que de vestir o manto colorado em Gre-Nal”, postou o Inter na legenda da publicação no Twitter.

Aránguiz, que não foi chamado pelo Chile para a Copa América, segue disponível para o Inter para os próximos jogos e é opção do técnico Eduardo Coudet para esta quarta-feira, 21h30, no Heriberto Hülse, contra o Atlético-MG, em nova rodada do primeiro turno do Brasileirão.

Veja algumas falas de jogadores do Inter pós-Gre-Nal:

Alan Patrick: “Primeiro, feliz pela vitória. Ressaltar a partida e o empenho de todos. Sabíamos que seria difícil como todo Gre-Nal é. É um jogo diferente. Particularmente, não sabia se eu iria conseguir recuperar a tempo. Fiz um trabalho intensivo. Recuperei e ajudei meus colegas. Fiquei muito feliz. É apenas um jogo do Brasileirão, mas o Brasil todo sabe o quanto é diferente um Gre-Nal. Temos um caminho longo pela frente. A cada três dias, a gente tem que estar em campo novamente. Desfrutar desse momento, descansar e seguir em busca dos objetivos

Renê: “O que foi conversado é que jogos como esses nos colocam na briga pelo título. Demonstrar nossa força em um clássico fora de casa. Isso nos bota em patamar acima. Agora é manter essa pegada. Para ser campeão, temos que manter uma regularidade

LEIA MAIS:

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas