Presidente do Inter opina sobre favoritismo no Gre-Nal: “Não existe no futebol”

Direção colorada prega pé no chão para o duelo diante do maior rival Grêmio

Publicidade

Apesar da liderança do Gauchão e das últimas vitórias com boa margem de gols marcados, o Inter garante que não se vê “favorito” para o Gre-Nal 441, domingo, às 18h, no Beira-Rio, pela fase classificatória do estadual. Desta vez, quem falou sobre o tema foi o presidente colorado Alessandro Barcellos em entrevista à Rádio Bandeirantes:

“Não existe no ponto de vista do futebol, principalmente se tratando de clássico, quanto ao favoritismo, a gente sabe as dificuldades e adversidades que vamos encontrar e vamos forte para enfrentá-las”, afirmou.

Para Barcellos, o Inter ainda não está no seu auge na temporada e precisará apresentar a melhor versão possível nos momentos decisivos de cada campeonato a ser disputado:

“É ter muito pé no chão, muita calma nesse momento para poder evoluir. E nós precisamos chegar no final do ano, nos momentos decisivos das competições, da melhor forma possível”, finalizou o mandatário colorado.

Inter ainda tem dúvidas

Para a escalação de domingo, o Inter segue com algumas dúvidas a começar pelo goleiro, já que Rochet segue se recuperando de dores na região torácica. Caso o uruguaio siga sem apresentar as melhores condições, o jovem Anthoni fará o seu primeiro Gre-Nal na categoria profissional.

Gabriel Mercado, com dores no joelho esquerdo, poderá ser substituído por Robert Renan, enquanto, do meio para frente, a disputa fica entre Mauricio e Lucas Alario.

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul