“Hoje foram heróis dentro de campo”: os dois jogadores do Inter elogiados pós-Gre-Nal pelo presidente do clube

Presidente Alessandro Barcellos concedeu entrevista depois da perda do título do Gauchão

Publicidade

Após disputar e perder a sua primeira final com o Inter já como presidente do clube, Alessandro Barcellos apareceu para dar coletiva de imprensa e minimizou, depois do vice do Gauchão diante do Grêmio, temas psicológicos e de falta de liderança dentro do grupo de jogadores.

LEIA MAIS – Ramírez explica Cuesta fora, vê “agressão” de Rafinha e também critica Ferreira: “Gritou para o nosso banco”

A pergunta realizada pelo jornalista Thiago Suman, da Rádio Inferno, girava em torno de declarações recentes de Rodrigo Dourado e Edenilson, mas ambos foram defendidos com veemência por Barcellos:

“Estamos falando de dois nomes (Edenilson e Dourado) que sempre se entregaram ao Internacional ao longo de suas passagens. Estão se entregando. Hoje foram heróis dentro do campo. Vivem o dia a dia e se adaptaram ao modelo do treinador. Eles cresceram de produção dentro desse novo contexto, na minha opinião. As questões internas a gente trata dentro do vestiário”, disse o mandatário.

Confira a resposta:

Sem muito tempo para lamentar o vice-campeonato estadual, o Inter volta a trabalhar nesta segunda-feira visando o Always Ready, quarta, 19h, no Beira-Rio, pela rodada final do Grupo B da Libertadores.

Confira outras declarações de Alessandro Barcellos em sua coletiva de imprensa:

“Estamos atentos ao mercado. Todos sabem da situação financeira que vivemos. Não vamos repetir erros do passado. A receita de todos é ganhar a qualquer preço e custo. Não vindo o título, alguém terá que pagar a conta”
.
“Nós temos jogadores importantes no nosso plantel, todos têm valor muito importante. Não se faz time vencedor somente com jovens ou somente com mais experientes. É esse equilíbrio que estamos buscando”
.
“A expulsão do Yuri Alberto foi injusta, e eu gostaria de ouvir a análise de vocês. Não tiro o mérito do Grêmio e não quero transformar como assunto principal. A atuação do Vuaden foi decisiva”
.
“A gente que vive o dia a dia, o cotidiano do clube, tem acompanhado algo muito importante que é a reação do grupo em relação ao novo trabalho. Isso é um sinal positivo de que as coisas estão avançando”

VEJA MAIS – No samba e na rima, Rafinha provoca Yuri Alberto pós-jogo:

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)