Gustavo Nunes não deve ser desfalque e mira final com o Grêmio: “Sempre foi meu sonho”

Jovem atacante sofreu entrada dura contra o Caxias, mas deve jogar no sábado

Publicidade

Apesar da forte entrada de Robinho, jogador do Caxias, o atacante Gustavo Nunes deverá estar à disposição do técnico Renato Portaluppi para o jogo deste sábado entre Juventude x Grêmio, em Caxias do Sul, no Estádio Alfredo Jaconi, pela partida de ida da final do Gauchão, às 16h30. O jovem atleta gremista não apresentou lesão grave, causando alívio na comissão técnica.

Desde que renovou o contrato após se destacar na última Copa São Paulo de Futebol Júnior, Gustavinho, como é chamado internamente no grupo, vem se destacando como titular da equipe – superando até mesmo a concorrência de Nathan Fernandes. Agora, ele mira sair vitorioso de sua primeira final de campeonato pelo profissional do Grêmio:

“Estou ansioso, claro, é a minha primeira final como atleta profissional. Mas o nosso time é experiente, o professor Renato vem passando tranquilidade para a gente e é assim que estamos nos preparando para entrar em campo no sábado. Essa classificação para mim foi muito marcante por ser o meu começo no time principal do Grêmio. É um orgulho muito grande vestir essa camisa”, disse Gustavo, em entrevista publicada pelo Globoesporte.com.

“Disputar uma final com a camisa do Grêmio é muito marcante, estou muito feliz. Sempre foi o meu sonho lutar por títulos, desempenhar um bom papel e ajudar na equipe profissional. Hoje posso realizar isso e com humildade procuro o meu espaço. Estou muito contente”.

Gustavo Nunes não deve ser desfalque e mira final com o Grêmio: "Sempre foi meu sonho"
Gustavo Nunes vem sendo bastante utilizado por Renato no Grêmio – Foto: Roberto Vinicius/Zona Mista

Renato ficou irritado com lance

Na terça-feira, em sua coletiva após a vitória de 3×2 diante do Caxias, o técnico gremista Renato Portaluppi mostrou irritação pela não expulsão do jogador do Caxias, responsável por atingir Gustavo Nunes (reveja aqui o lance):

“Foi um erro gravíssimo, muito grave, que não boto nas costas do Jean Pierre, que esteve bem. Se aquela entrada no Gustavinho não é para cartão vermelho… sou totalmente contra a violência.  O Gustavinho teve um corte profundo no tornozelo. Foi o único erro do VAR. É inacreditável. Eu vi o lance no vestiário. Não foi por querer, mas sem querer é falta também”, esbravejou Renato.

Leia mais notícias do Grêmio:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas