Grêmio volta a falar que Gre-Nal foi “escândalo”; Inter pede que Gauchão seja definido “em campo”

Após os jogos de sábado, direções de Grêmio e Inter se manifestaram sobre polêmicas

Publicidade

Mesmo uma semana depois, o Gre-Nal 441, que terminou com vitória colorada por 3×2 no Beira-Rio, seguiu repercutindo tanto no Grêmio quanto no Inter nos jogos deste final de semana. O tricolor, por meio do seu vice de futebol Antônio Brum, voltou a expressar que o clássico foi um “escândalo” por conta das decisões tomadas pelo árbitro Anderson Daronco.

“O que aconteceu no Gre-Nal foi um escândalo. Eu nunca presenciei uma arbitragem com tantos problemas em um jogo só e isso ligou um alerta. O que aconteceu nos deixou de olhos arregalados. Na mão grande, não vão tirar. Podemos perder o Gauchão em campo, não for”, disparou Brum.

Por ter se sentido prejudicado, o Grêmio inclusive realizou uma reclamação formal à Federação Gaúcha de Futebol apontando possíveis erros de Daronco. Já o Inter, que se classificou em 1° para as quartas de final, está insatisfeito com a punição de três jogos dada a Eduardo Coudet pela expulsão contra o São José – o treinador ainda precisa cumprir um.

“Com todo respeito ao Tribunal, que faz o seu trabalho e que tem essa responsabilidade de julgar o que é denunciado, mas a punição do Coudet é totalmente desproporcional aos fatos do jogo contra o São José. O que houve foi uma reclamação de um fair play. E a entrada em campo foi para tirar jogadores. Nós consideramos a pena exagerada e o nosso jurídico vai a partir de segunda-feira tratar do assunto. Esperamos que o Gauchão seja decidido dentro de campo”, comentou o presidente Alessandro Barcellos.

Barcellos é o presidente do Inter
Barcellos defende os interesses do Inter – Foto: Reprodução/YouTube

Grêmio e Inter com rivais definidos

Nas quartas de final em jogo único no próximo fim de semana, com datas a serem definidas ainda, o Grêmio recebe o Brasil de Pelotas e o Inter joga no Beira-Rio contra o São Luiz. Veja aqui todo o chaveamento e os demais confrontos.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas