Presidente do Grêmio se manifesta sobre possível saída da Arena e retorno ao Olímpico

Alberto Guerra concedeu declaração sobre o tema durante esta quinta-feira

Publicidade

Desde a manhã desta quinta-feira, o torcedor do Grêmio repercute a informação de que o clube cogita deixar a Arena para voltar ao Olímpico – saiba mais aqui. O assunto chegou publicamente ao presidente Alberto Guerra, que conversou com a reportagem do portal GZH e confirmou que o objetivo é continuar na Arena, apesar das dificuldades do contrato para a antecipação da compra da gestão do estádio.

“Quando a direção foi questionada sobre a possibilidade (de voltar ao Olímpico), foi colocado que nada é impossível neste momento pelo imbróglio. Mas foi dito que é muito improvável e que o Grêmio faz todos os esforços para permanecer na Arena. Essa é nossa posição”, afirmou Guerra.

Veja também:
1 De 5.921

O contrato feito para ter a Arena estipula que o Grêmio só passará a ter a gestão a partir de 2032. Para isso ocorrer, será necessária a “troca das chaves”, entregando a área do estádio Olímpico para as empresas Karagounis e OAS 26. Mesmo tentando antecipar o prazo, o clube esbarra em questões legais e não consegue avançar na compra.

“O Grêmio tem um contrato em vigor. E o Grêmio cumpre seus contratos. É um imbróglio que envolve muitas partes. Não é algo simples e que se resolve do dia para a noite. Tanto que esse assunto já é tratado faz bastante tempo. Queremos resolver isso da melhor forma possível”, acrescentou o presidente.

Grêmio joga na Arena na terça

Enquanto isso, dentro de campo o Grêmio volta a jogar nesta terça-feira, a partir das 21h, na Arena, diante do Caxias, pela segunda partida da semifinal do Gauchão. O tricolor tem a vantagem do empate para avançar à grande final.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas